Fale Conosco

30 de junho de 2011

Reabilitadora da Funad ganha prêmio durante encontro científico brasileiro



A dissertação “A mastigação do laringectomizado: Estudo eletromiográfico”, da reabilitadora da Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad), Gerlane Karla Bezerra Oliveira Nascimento, recebeu o primeiro “Prêmio Irene Marchesan”, na categoria Destaque Científico em Motricidade Orofacial, durante o IV Encontro Brasileiro

de Motricidade Orofacial da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O evento foi realizado nos dias 10 e 11 de junho, em Natal (RN).

O trabalho de Gerlane Nascimento, que abordou o processo de mastigação e deglutição de pacientes que tiveram a laringe retirada cirurgicamente, concorreu com produções científicas de pesquisadores de toda a America Latina, incluído países como Argentina, Chile, Cuba e

México. “Apesar de ser um evento brasileiro, ele tem repercussão internacional e recebe democraticamente pesquisas de outras nações”, explicou Gerlane.

Mestre em Patologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Gerlane Nascimento é fonoaudióloga da Coordenadoria de Atendimento à Pessoa com Deficiência Física da Funad (Codafi). “Nosso trabalho contou com a importante orientação dos professores Hilton Justino e Daniele Andrade, coautoria da fonoaudióloga Leilane Lima”, acrescentou Gerlane, destacando o apoio do Governo do Estado da Paraíba, através da Funad, durante o processo de elaboração da dissertação.

“É gratificante ver a ascensão de um reabilitador nosso, seja qual for à área de atuação”, afirmou a coordenadora da Codafi, Laura Veloso, lembrando que todas as instituições deveriam incentivar a produção científica. “O prêmio de Gerlane valoriza o serviço disponibilizado pela Funad e beneficia diretamente a sociedade, que passa a contar cada vez mais com mão de obra especializada.