Fale Conosco

6 de fevereiro de 2018

Psicologia do Hospital de Trauma da capital realiza mais de 98 mil atendimentos em 2017



Em média, 8.220 atendimentos foram realizados por mês, durante o ano de 2017, pela Psicologia do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena e do Hospital de Traumatologia e Ortopedia da Paraíba (Htop), unidade de retaguarda. Ao todo, foram mais de 98 mil assistências prestadas pelo setor.

Com um índice de satisfação de 99% perante os usuários, demonstrado pela Pesquisa de Satisfação da instituição, o serviço tem como um de suas bases a humanização. “Esse número é fruto da atenção, do trabalho humanizado, visto na minimização da angústia do paciente. A gente sempre faz o melhor para dar maior atenção ao paciente, dentro das limitações e respeitando as normas de rotinas, então esse apoio faz toda a diferença”, explicou a coordenadora da Psicologia, Anne Michelle Paiva.

Além disso, o lançamento do projeto “Ressignificando a vida”, que visa acompanhar, após a alta hospitalar, vítimas de tentativa de suicídio que dão entrada na unidade de saúde, foi destaque entre as principais atividades do setor no ano passado. “Esses pacientes têm todo o apoio durante a hospitalização, nós fazemos os devidos encaminhamentos para os serviços de psicologia e psiquiatria, porém eles têm esse respaldo de cinco sessões de psicoterapia. Não é o nosso perfil fazer ambulatório e não é a proposta do Hospital de Emergência e Trauma, mas decidimos ampliar esse serviço dessa forma, uma vez que os números estavam tão altos que chamaram nossa atenção”, salientou.

A coordenadora também afirmou que existem pontos que ainda podem ser aperfeiçoados e, por isso, há a necessidade de promover capacitações para os colaboradores. “Todo ano nós temos atividades de educação continuada e, agora em janeiro, fizemos um cronograma, no qual propomos alguns temas, como atendimentos em casos de violência e instruções de trabalho, para, em parceria com o Nece (Núcleo de Estágio, Capacitações e Eventos), promover esses treinamentos”, enfatizou.

Serviço – o setor atende 24 horas por dia, durante toda a semana e conta com 21psicólogos e dois jovens aprendizes, organizados por uma escala.