Fale Conosco

7 de janeiro de 2016

Psicologia do Hospital de Trauma da Capital e Htop realiza 125 mil atendimentos em 2015



O setor de Psicologia do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena e Hospital de Traumatologia e Ortopedia da Paraíba (Htop), em João Pessoa, realizaram, em 2015, cerca de 125 mil atendimentos, uma média de 5.42 mensais. Comparado a 2014, houve um crescimento de 22,37%, quando 102 mil pessoas receberam assistência.

Para a coordenadora do setor, Ane Michelle Paiva, o aumento dos números pode ser atribuído à reforma realizada na unidade de saúde, no último mês de agosto, que aumentou a capacidade de atendimento do centro de saúde. “A ampliação e criação de novos leitos na instituição tendo como consequência o acréscimo na demanda de fluxo de pacientes em 2015, foi o fator que contribuiu para que tivéssemos 22 mil atendimentos a mais que em 2014”, frisou.

Segundo dados fornecidos pela coordenação do setor de Psicologia, o Hospital de Emergência e Trauma atendeu 89.480 pessoas, o que corresponde a uma média mensal de 7.770. Já com relação ao Htop, foram registrados 35.333, representando uma média de 3.080 por mês.

Ane Paiva ainda destacou que a atuação do psicólogo no contexto hospitalar não se refere apenas à atenção direta ao paciente, mas à família e à equipe de saúde, dentro de sua atuação profissional. O trabalho desenvolvido pelo psicólogo hospitalar promove mudanças, atividades curativas e de prevenção, além de diminuir o sofrimento que a hospitalização e a doença causam.

A dona de casa Maria de Fátima de Lima Araújo procurou o serviço para seu parente. Um jovem de 22 anos que deu entrada no hospital, vítima de acidente de motocicleta, no dia 1º de janeiro, e recebeu alta hospitalar dias depois. Devido o atendimento que a parente recebeu nesse período, fez questão de elogiar a assistência recebida. “Ele foi muito bem assistido por todos, em especial, os psicólogos que acalmaram nossa família na hora do desespero”, comentou.

O serviço de Psicologia do Hospital de Trauma ainda oferece atendimento aos funcionários. Duas vezes por semana, é disponibilizado um psicólogo para assistência aos servidores. O acolhimento psicológico é realizado Serviço Especializado de Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMIT). O complexo hospitalar conta com uma equipe formada por 30 psicólogos. Todos os dias, sete profissionais estão de plantão no período diurno e dois no noturno, em plantões de 12h.

Acolhimento familiar – Inaugurado em agosto de 2014, o espaço está localizado na entrada principal do hospital e conta com um atendimento multidisciplinar, direcionado para o acolhimento das pessoas em situações adversas, que exijam uma maior privacidade e conforto tanto para a família, quanto para o profissional de saúde. Baseado nos princípios de atendimento humanizado, o novo ambiente é fundamental para o acolhimento familiar em situações complexas e potencialmente problemáticas, como a comunicação de óbitos, elaboração do luto e solicitação de doação de órgãos para transplantes, que mexem profundamente com a estrutura familiar dos pacientes. O serviço funciona 24 horas todos os dias da semana.