João Pessoa
Feed de Notícias

Proximidade da polícia com moradores reduz crimes em 73% nos Bancários

terça-feira, 25 de agosto de 2015 - 11:23 - Fotos:  Secom-PB

O Governo do Estado buscou a proximidade da Polícia Militar com os moradores para atender as principais reivindicações das quase 1,2 mil pessoas que ocuparam as ruas, no dia 27 de junho, durante na caminhada da paz, no bairro dos Bancários, localizado na Zona Sul da capital.

De lá pra cá, o bairro já recebeu uma Unidade de Polícia Solidária (UPS) Móvel, um trio de motopatrulhamento comunitário e o reforço das rondas durante 24 horas, medidas que fizeram cair em 73% (redução de 41 casos em junho para 11 em julho) o número de roubos no local, segundo dados do Núcleo de Análise Criminal e Estatísticas (Nace) da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social.

O Conselho Comunitário de Segurança do bairro – que reúne representantes de igrejas, organizações sociais, comerciantes e moradores – foi reativado e passou a interagir constantemente com a Polícia Militar em reuniões periódicas, palestras e no planejamento de buscas por soluções de problemas que podem afetar direta e indiretamente a segurança da população, como a deficiência da iluminação pública, falta de poda nas árvores, existência de terrenos baldios e precariedade na infraestrutura das ruas nos Bancários.

Para o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, a participação da comunidade tem sido fundamental no trabalho da PM, no bairro. “Há um envolvimento e um sentimento muito forte de proximidade entre os moradores e a Polícia Militar, através do próprio comandante do 5º Batalhão, tenente-coronel Sena, discutindo constantemente melhorias e trabalhando temas que geram mais segurança para as pessoas, o que constitui a mais plena prática da filosofia do policiamento comunitário”, disse.

O presidente do Conselho Comunitário de Segurança do bairro, João Eduardo Melo, avalia os resultados apresentados pela Polícia Militar a curto (diminuição dos crimes) e a longo prazo (policiamento de proximidade com os moradores) como bastante satisfatórios. “A comunidade tem sentido essa melhoria das condições de convivência no bairro, sentido a presença da polícia com policiais de moto, a pé e em viaturas, e também a abertura do diálogo que está sendo feita conosco através de reuniões periódicas para avançar em vários pleitos que geram mais segurança em nosso bairro”, comentou.

João Eduardo Melo destacou ainda que essa abertura do poder público tem sido fundamental para as respostas apresentadas na caminhada de 27 de junho. “Já fomos recebidos duas vezes pelo comandante-geral da Polícia Militar, também pelo próprio secretário de Segurança e o comandante do 5º Batalhão, de forma bastante atenciosa, sempre está participando das atividades que promovemos no bairro, estabelecendo um canal muito importante para conquistarmos melhores condições para o bairro, não só de segurança, mas como todos aqueles que afligem os moradores e constroem uma cultura de paz”, completou.

Ronda Proerd – Além do reforço da segurança e a proximidade com os moradores, as escolas do bairro dos Bancários estão sendo atendidas pela Ronda Proerd, que é um serviço que funciona nos três turnos das aulas, com policiais capacitados para realizarem a formação de alunos com a aplicação dos Currículos Proerd, promovendo também palestras sobre a prevenção ao uso das drogas e da violência.