João Pessoa
Feed de Notícias

Provas do ‘Avaliando Idepb’ são aplicadas nas 805 escolas da PB

quarta-feira, 26 de setembro de 2012 - 18:16 - Fotos:  Secom-PB

As provas do Avaliando Idepb (Índice de Desempenho Educacional da Paraíba) foram aplicadas nesta quarta-feira (26) para 68.264 alunos do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio das 805 escolas da rede estadual. Os alunos foram avaliados nas disciplinas de Português e Matemática e os professores que lecionam estas disciplinas nas turmas das escolas onde o Avaliando Idepb foi aplicado, assim como os gestores das escolas, preencheram um questionário para complementar a avaliação.

O Avaliando Idepb será aplicado anualmente visando buscar dados relativos ao desempenho das escolas da rede estadual em tempo rápido. Com isso, a SEE espera construir políticas públicas para o desenvolvimento do Plano de Gestão Paraíba Faz Educação e dos projetos pedagógicos de cada escola. Foram responsáveis pela avaliação a Gerência de Programas de Avaliação (Proava) da Secretaria de Estado da Educação (SEE), em parceria com o Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação (Caed) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Segundo a gerente do Proava, Iara Andrade, a partir de 2012 a avaliação passou a ser censitária, na qual todos os alunos do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio participaram. “Esta avaliação, este ano mais completa, objetiva colher dados que possam dar mais objetividade na elaboração das políticas públicas de melhoria da aprendizagem escolar”, destacou.

No Lyceu Paraibano, cerca de 750 alunos da 3ª série do Ensino Médio participaram da avaliação. De acordo com a diretora da instituição de ensino, Telma Medeiros Rodrigues, a partir deste ano a avaliação será mais completa. “Vejo a avaliação deste ano de forma mais positiva porque nos anos anteriores ela acontecia por amostragem, com a participação de apenas uma turma, portanto não tínhamos o perfil do Lyceu que teremos este ano, no qual veremos a realidade do nosso processo de ensino e aprendizagem”, opinou.

Para a secretária interina de Estado da Educação, Márcia Lucena, “a avaliação vai contextualizar a educação no Estado, dando respostas à Secretaria da Educação, no âmbito da gestão pedagógica e das políticas públicas”.  Ainda segundo ela, os resultados vão gerar os seis cadernos de dados dessa avaliação para que também sejam avaliados os educadores para trazer uma visão ampla dos sistemas no Estado. O método de avaliação já é adotado em mais 16 estados do país e segue as diretrizes do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).