Fale Conosco

1 de julho de 2015

Prorrogadas inscrições de trabalhos científicos para congressos de HIV/Aids e de Hepatites



O prazo para a inscrição de trabalhos científicos para o 10º Congresso Brasileiro de HIV/Aids e para o 3º Congresso Brasileiro de Hepatites: Novos Horizontes, Novas Respostas – Brasil 2015 foi estendido até o dia 10 de julho. Os eventos – promovidos pelo Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde em parceria com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), o Governo do Estado da Paraíba e a Prefeitura de João Pessoa – serão realizados simultaneamente de 17 a 20 de novembro deste ano, no Centro de Convenções de João Pessoa.

“O prazo de um mês, desde a divulgação dos Congressos até a finalização das inscrições, foi considerado curto e, portanto, foi prorrogado por mais dez dias. Todos os profissionais de saúde e educação pública – enfermeiros, médicos, gestores, professores – com pesquisa ou relatos de experiência voltados para a temática dos congressos podem participar através da inscrição de trabalhos científicos”, informou a chefe do Núcleo de DST/Aids da Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB), Joanna Ramalho.

O candidato escolhe no sistema (aqui) qual Congresso deseja apresentar seu trabalho e qual será a modalidade de apresentação. Depois do processo de inscrição, os pareceristas dos congressos terão acesso aos trabalhos e os analisarão durante todo o mês de julho. A previsão é que o resultado da avaliação dos trabalhos seja divulgado no dia 13 de agosto. “A participação dos profissionais através da inscrição de projetos científicos é de fundamental importância porque, por meio desses projetos, eles podem relatar suas experiências na rotina de trabalho, a questão da prevenção e controle dos agravos no país”, pontuou Joanna.

Os trabalhos aprovados receberão bolsas completas com passagem, hospedagem, alimentação e transporte durante o evento. Os participantes poderão apresentar seus projetos a grandes especialistas brasileiros e de todo o mundo em ambas as epidemias. Para mais informações sobre as inscrições, os interessados podem acessar o site (aqui).

Congressos – Os congressos visam mostrar novas tecnologias, pesquisas, medicamentos e boas práticas na prevenção e na resposta ao HIV/Aids e às hepatites virais. É a primeira vez que a Paraíba sedia os eventos e está prevista a participação de mais de 4 mil pessoas.

O Congresso de Aids é realizado desde a década de 1990. Nas nove edições anteriores, o foco sempre foi a prevenção, o que muda a partir deste ano – em que ele se torna um congresso que debaterá todos os aspectos da resposta à epidemia: novas técnicas de diagnóstico, novos tratamentos, novas pesquisas, profilaxias pré e pós-exposição. “2015 é um ano especialmente importante porque a resposta brasileira à Aids completa 30 anos e isso é mais um incentivo para que os profissionais participem e compartilhem novas ideias e novos desafios de enfrentamento à doença”, disse Joanna Ramalho.

Esta é a terceira edição do Congresso de Hepatites Virais, que cresce em importância, pois, em relação à hepatite C, o Brasil e o mundo vivem em 2015 um momento sem precedentes, com a altíssima possibilidade de cura trazida por novos medicamentos e o compromisso assumido pela OMS, que pretende erradicar a doença até 2030.