João Pessoa
Feed de Notícias

Proposta faz parte de reunião que ocorre em Brasília

quinta-feira, 11 de novembro de 2010 - 14:48 - Fotos: 
“Fiscalizar e punir com mais rigor os motoristas que forem flagrados dirigindo com sintomas de embriaguez”. Um documento com esse objetivo deve ser aprovado pelo conselho da Associação Nacional dos Departamento de Trânsito do Brasil, que reúne os superintendentes de todos os Detran’s do País. A informação é do diretor superintendente do Detran Paraíba, coronel Francisco de Assis Silva, que se encontra em Brasília participando de um encontro da AND, adiantando que o documento vai ser encaminhado a Presidência da República, ao Ministério da Justiça e ao ministério Público Federal.

Ele explicou que os superintendentes dos Detran’s tomaram a iniciativa de redigir este documento, pedindo mais rigor na punição dos motoristas que não respeitam a lei seca, porque os acidentes envolvendo motoristas embriagados continuam acontecendo em todo o país e em muitos casos eles se negam a fazer o exame de alcoolemia (bafômetro). “O que nós queremos é rigor na fiscalização e na punição, e que nós tenhamos condições de adotar meios mais eficientes de punição aos motoristas que apresentarem os sintomas de embriaguez e se negarem a fazer o exame do bafômetro”, comentou.

O coronel Francisco disse que este é um assunto que tem preocupado os dirigentes de órgãos de trânsito de todo o Brasil, já que “o cidadão tem o direito de não produzir provas contra ele mesmo e quando se trata de acidentes de trânsito isso pode resultar em impunidade”. Ele informou que a preocupação é maior por causa da aproximação do final de ano, um período em que as pessoas geralmente abusam do consumo de bebidas e isso pode representar excessos no trânsito e acidentes.

Jonas Batista,da Assessoria de Imprensa do Detran