Fale Conosco

6 de março de 2012

Projovem Urbano certifica 1.874 estudantes e segue com pré-matrículas



O ProJovem Urbano, programa que promove a inclusão social dos jovens brasileiros de 18 a 29 anos que não concluíram o Ensino Fundamental, certificou, em janeiro deste ano, 1.874 estudantes de doze municípios (Bayeux, Alagoa Grande, Pedras de Fogo, Sapé, Sumé, Monteiro, Solânea, Araruna, Cuité, Conceição, Catolé do Rocha e Uiraúna). Estes jovens concluíram o Ensino Fundamental em um ano e seis meses de estudos.

“Os históricos e certificados estarão disponíveis para entrega na primeira semana de abril, nas escolas onde aconteceu o programa”, disse a coordenadora geral do Projovem Urbano Estadual, Ana Carolina Lubambo.

Pré-matrículas – O período de pré-matrículas para o Projovem Urbano do Estado da Paraíba ainda está aberto. Jovens que queiram concluir o Ensino Fundamental podem realizar sua pré-matrícula até o dia 14 de março. Estão sendo oferecidas 2,6 mil vagas em 13 municípios da Paraíba.

Os inscritos no Projovem Urbano terão aulas de educação básica, informática, qualificação profissional e participação cidadã. As aulas acontecem no turno da noite e todos os jovens inscritos receberão uma bolsa auxilio no valor de R$100, desde que frequentem as aulas e entreguem as atividades escolares.

As pré-matrículas podem ser realizadas nas 13 escolas onde o programa vai funcionar. São elas: Cruz do Espírito Santo – EEEFM Fernando Milanês; Alhandra – EEEFM Renato Ribeiro Coutinho; Conde – EEEFM João da Cunha Vinagre, Mari – EEEFM Professor Luiz Maria da Franca; Guarabira – EEEFM Monsenhor Emiliano Cristo; Bananeiras – EEEFM José Rocha Sobrinho; Belém – EEFM Márcia Guedes Alcoforado de Carvalho; Alagoa Nova – EEEF Professor Cardoso; Lagoa Seca – EEFM Francisca Martiniano da Rocha; Esperança – EEEF Irineu Jofily; Areia – EEEFM Ministro José Américo de Almeida; Mamanguape – EEEF Dr. Gustavo Fernandes de Lima Sobrinho e Rio Tinto – EEEFM Professor Luiz Gonzaga Burity.

Para fazer a matricula, os alunos precisam ter entre 18 e 29 anos e não ter concluído o Ensino Fundamental. Será necessária também a seguinte documentação: cópia do RG, do CPF, do comprovante de residência e do histórico escolar do aluno. Caso o candidato não possua o histórico, deverá se submeter a um teste de proficiência de leitura e escrita. De acordo com a coordenação do Projovem Urbano, se o número de alunos matriculados exceder a quantidade de vagas oferecidas, será realizada uma seleção através de sorteio.

Mais informações podem ser obtidas na Coordenação do Projovem Urbano do Estado através do telefone 3218-4347.