João Pessoa
Feed de Notícias

Projetos do Corpo de Bombeiros atendem mais de 1,7 mil crianças e adolescentes em 2017

segunda-feira, 21 de agosto de 2017 - 10:43 - Fotos:  Secom-PB

Para resgatar crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, o Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) desenvolve diversos programas sociais em toda Paraíba.  Só no primeiro semestre de 2017, 1.797 beneficiários, dentro de uma faixa etária de 9 a 17 anos, fizeram ou ainda fazem parte dos programas ‘Bombeiro Mirim’, ‘Gol 10’ ou ‘Bombeiro na Escola’.

Conforme o comandante geral da corporação, coronel Jair Carneiro de Barros, utilizando o esporte ou atividades educacionais como ferramenta de inclusão, os programas têm ajudado os contemplados a expandir suas oportunidades. Eles também aprendem lições de cidadania e, muitas vezes, melhoram o desempenho escolar.

No ‘Bombeiro Mirim’, por exemplo, eles também são inseridos no universo dos bombeiros, aprendendo noções básicas de prevenção a incêndios e primeiros socorros – entre outros temas. O projeto atendeu, no primeiro semestre, comunidades do Cristo, Mandacaru e Jardim Veneza – em João Pessoa; além do Mutirão e Centro, em Sousa (no Sertão).

A expectativa é que novas turmas sejam formadas, beneficiando pelos menos 133 inscritos. Já o ‘Bombeiro na Escola’ tem transmitido informações preventivas para estudantes da rede pública – através de 20 encontros, nos quais o bombeiro dissemina conhecimentos como Prevenção e Combate a Incêndio, Primeiros Socorros, Defesa Civil, Prevenção a Acidentes Domésticos e de Trânsito, Comportamento em Meio Aquático e Erradicação das Drogas.

Um total de 1.428 alunos já foi atendido no ano letivo 2017.1. Todos oriundos de 32 escolas – nos núcleos de João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Patos, Cajazeiras, Sousa, Pombal e Catolé do Rocha.

No primeiro período do ano, ainda foram registradas atividades do ‘Bombeiro Gol 10’, que promove escolinhas de futsal gratuitas – em horário oposto ao escolar.  Foram 248 pequenos atletas participando do projeto, em pontos espalhados em João Pessoa, Cabedelo, Campina Grande, Guarabira, Patos, Pombal e Sousa.