João Pessoa
Feed de Notícias

Projeto que visa foratalecer o artesanato indígena será lançado dia 29

sexta-feira, 25 de setembro de 2009 - 10:38 - Fotos: 

No próximo dia 29 deste mês, será implantado, na Baía da Traíção, na oca da Aldeia Akajutibiró, o  Projeto de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Artesanato Indígena Potigara, elaborado junto com os indíos. O projeto é promovido pelo Cendac, através da presidente Tereza Alice Bezerra Cavalvcanti, em parceria com a Secretaria de Estado do Turismo e Desenvolvimento e o Programa do Artesanato Paraibano.

De acordo com a idealizadora e coordenadora do projeto do CENDAC, Sandra Mori, o projeto visa promover o desenvolvimento do artesanato indígena, além de fortalecer a geração de renda na comunidade. “Sentimos a necessidade de elaborar esse projeto, ao perceber que o jovem indígena não estava dando continuidade aos trabalhos artesanais de sua etnia”, disse Sandra, acrescentando que será realizado, no período de um ano, oficinas de repasse do saber artesanal pelos mestres indígenas, além de pesquisas e cursos de tecnologia apropriada.

O projeto será implantando, através de reunião com as lideranças indigenas das aldeias, dos municípos de Rio Tinto, Marcação e Baía da Traíção – para que eles divulguem com a comunidade. “O projeto inicia com o mapeamento das artes de 15 aldeias e buscas arqueológicas, no sentido de encontrar artefatos enterrados no local”, explicou Sandra, informando ainda que haverá um técnico especializado para ensinar como aprimorar a qualidade, para evitar o mofo do produto. Serão realizadas ainda buscas de jazidas de argilas, produção de cerâmica e o fortalecimento de outras atividades como a gaita, cestarias, transsados etc.

Para o artesão da  Aldeia São Francisco da Baía da Traíção, Djalma Domingos Júnior, o projeto vem dar uma grande contribuição aos indíos que trabalham com o artesanato. “Há 22 anos trabalho com artesanato e a iniciativa de Sandra foi maravilhosa onde vamos ter mais oportunidades de aperfeiçoar nosso trabalho”, disse.

Mônica Nóbrega da Secom