João Pessoa
Feed de Notícias

Projeto Music From Paraíba leva shows ao Varadouro neste domingo

terça-feira, 3 de dezembro de 2013 - 09:25 - Fotos:  Divulgação

Após o sucesso do lançamento da coletânea Music From Paraíba, em novembro, a Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) dá continuidade ao projeto com a apresentação de outros artistas contemplados pela coletânea. Neste domingo (8), os shows voltam a acontecer às 17h no Atelier Multicultural de Elioenai Gomes, que fica na Ladeira da Borborema, 101, no Varadouro, em João Pessoa.

A música da banda “Nectar do Groove” e “Seu Pereira e Coletivo 401”, ambas contempladas na coletânea, e ainda a batida do DJ Chico Correa, são as atrações. A entrada é gratuita.

Além dos grupos que vão participar desse show, outros 18 fazem parte do CD Music From Paraíba. As faixas gravadas estão disponíveis para download na página da Funesc no Sound Clound: https://soundcloud.com/funescgovpb.

Cabaceiras – O Music From Paraíba também chega a Cabaceiras, ao 3º Festival da Juventude Paraibana. A apresentação acontece no dia 13 de dezembro com as bandas Armazém da Medida Incompleta e Grandphone Vancouver, ambas de Campina Grande.

O Festival, que oferece uma programação diversificada para a juventude, com shows, oficinas, mostras de teatro e cinema, rodas de diálogo e palestras, ocorre de 12 a 15 deste mês. A promoção é do Governo do Estado da Paraíba, com execução da Rede de Jovens do Nordeste – Núcleo Paraíba.

Lançamento internacional – O CD Music From Paraíba já foi lançado internacionalmente. Aproximadamente mil cópias da coletânea foram distribuídas aos profissionais da cadeia produtiva da música de todos os continentes, na maior feira mundial de música, a World Music Expo (WOMEX), que reuniu delegações de 90 países no mês de outubro, no País de Gales. O trabalho dos artistas paraibanos foi exposto no estande da Brazilian Music and Arts (BM&A), que concentrava toda a produção musical brasileira presente na feira.

O coordenador de música da Funesc, Arthur Pessoa, participou do evento internacional e constatou que o talento brasileiro foi muito bem recebido pelos produtores e artistas que estiveram no evento. “Na feira, a música brasileira foi recebida com entusiasmo pelos visitantes. A ilustração criada especialmente para o projeto, pelo artista Shiko, também chamou muita atenção do público presente na feira, interessado no que acontece na música independente brasileira”, afirmou Arthur Pessoa.

Seu Pereira e Coletivo 401 – O grupo Seu Pereira e Coletivo 401 representa uma nova safra de artistas paraibanos. A banda apresenta um trabalho pautado na originalidade de suas canções autorais com uma força poética marcante. Com ritmo híbrido e músicas que retratam o cotidiano, eles navegam pelo rock, sambafunk e MPB. As letras da banda são crônicas da vida de personagens reais, que moem suas angústias, desejos e dúvidas nos automóveis e coletivos lotados. O som do Seu Pereira carrega o balanço e a freada brusca. É baião nervoso, é samba rock nordestino e funk Paraíba. Com cinco anos de formação, a banda Seu Pereira e Coletivo 401 já se apresentou nos principais festivais de música na Paraíba, e circulou por várias cidades do país, a exemplo de Natal, Brasília, Taguatinga, Goiânia e São Paulo. Em 2011, fez várias apresentações no Senegal, junto com o grupo Chico Correa & Electronic Band e em 2012 realizou sua primeira viagem para Europa.

Nectar do Groove – Metade paraibana, metade suíça, o Nectar do Groove é uma banda que vem se destacando no cenário da música livre no Brasil. Formada em 2006, a partir de uma Jam Session entre amigos músicos, a banda já tocou em bares, restaurantes e casas de shows da cidade, conseguindo o reconhecimento do público por onde passa. O Nectar faz um som que vai desde o baião até o jazz. Em 2010, o grupo foi convidado para participar do Festival República Blues em Brasília e gravar seu primeiro álbum. Nectar do Groove é formada pelos suíços Stephan Bühler (sax) e Peter Bühler (percussão/electronic sounds) e pelos paraibanos Cristiano de Oliveira (viola/violão), Tiago Sombra (baixo) e Victor Ramalho (bateria/percussão).

DJ Chico Correa – Chico Correa transita pelos fragmentos imaginários da tradição remixada. Artista residente do programa DIGIBAP (conexão França-África-Brasil), bacharelando em composição musical pela UFPB, já trabalhou com DJ Dolores, Maga Bo, Baiana System, Cabruera, Totonho e os Cabras. Em seu estúdio desenvolve trilhas sonoras para filmes e espetáculos de dança, bem como remixes para diversos artistas, do Japão à África. Tem sua base na Paraíba, onde atua nos projetos Chico Correa & Electronic Band, Parahyba Art Ensemble e Seu Pereira e Coletivo 401.