João Pessoa
Feed de Notícias

Projeto inédito de cruzeiros marítimos vai movimentar o Porto com 30 mil turistas

quinta-feira, 8 de outubro de 2009 - 13:22 - Fotos: 

A partir do dia 09 de dezembro, quando o navio MSC Melody, da empresa italiana MSC Cruzeiros, fizer a primeira das 14 atracações previstas no Porto de Cabedelo, a história do turismo nas cidades de João Pessoa e Cabedelo pode começar a ser reescrita. O projeto piloto, que se constitui numa operação inédita no Estado e incluiu o Porto de Cabedelo na temporada 2009/2010 de cruzeiros internacionais, prevê o desembarque de aproximadamente 30 mil turistas em solo paraibano. Cerca de duas mil pessoas desembarcarão todas as quartas-feiras, entre os dias 09 de dezembro deste ano e 10 de março de 2010 permanecendo em solo e fomentando a economia local, por cerca de oito horas.

Para definir os últimos detalhes desta operação, uma equipe técnica da MSC, integrada pela gerente de Portos Mundial, Raffaella Del Prete, e pelo gerente operacional da empresa no Brasil, Antônio Duarte, além de representantes de entidades que participarão das ações, a exemplo da Capitania dos Portos, da Anvisa, da Prefeitura de Cabedelo, da Polícia Federal, do João Pessoa Convention Bureau, se reuniram no último dia (06) pela manhã, com o presidente da Companhia Docas da Paraíba, que administra o Porto de Cabedelo, Wagner Breckenfeld.

O dirigente da Docas/PB abriu a reunião falando das expectativas do Porto em relação a essa operação. “Esse feito inédito atesta não só a capacidade das nossas instalações como a nossa vontade de movimentar ainda mais a economia paraibana e desde já está gerando expectativas muito positivas, não só para a comunidade portuária, mas para o comércio local e não tenho dúvidas que ela será um sucesso e contribuirá para fomentar o turismo e recolocar o Porto de Cabedelo numa posição privilegiada”, disse Wagner, lembrando que a escolha do Porto se deu em razão não apenas de sua localização e sua facilidade de acesso, mas também pela condução da atual administração nas negociações que, inclusive, abriu mão da cobrança da tarifa por passageiro nesta temporada.

O gestor executivo do João Pessoa Convention Bureau, Ferdinando Lucena, ressaltou a disposição da atual administração do Porto como preponderante para inclusão do local nos destinos da MSC nesta temporada. “Não temos dúvidas que a receptividade da direção da Docas/PB às solicitações foram cruciais na decisão de trazer para a Paraíba esta operação e tenho certeza que vamos fazer o melhor possível para que ela seja um sucesso e mais roteiros incluam a Paraíba como destino”, disse ele.

O gerente operacional da MSC no Brasil, Antônio Duarte, reforçou a importância da receptividade da atual administração do Porto para escolha de Cabedelo e falou dos desdobramentos que essa operação poderá gerar. “Não estamos apenas fomentando o turismo local, mas toda uma cadeia que inclui vários setores da economia formal e informal, desde os artesãos, passando por bares, restaurantes, lojas, etc”, disse Duarte, complementando que a MSC vê o Brasil como um mercado muito promissor.

“Essas 14 atracações na Paraíba se constituem num projeto inicial, mas trabalhamos com a possibilidade de disponibilizarmos navios o ano todo”, disse Duarte, que também agradeceu a boa receptividade da Companhia Docas e de todos os agentes locais envolvidos na operação.
Durante a reunião, também foram debatidos os papéis e ações de cada órgão que participará da operação durante os atracamentos. Foram colocados os diferenciais da MSC em relação aos procedimentos que requerem uma operação deste porte, além de serem checadas algumas questões técnicas, a exemplo da capacidade de navegabilidade do canal do Porto e definidos alguns detalhes da recepção dos turistas durante o desembarque, entre os quais destaca-se a disponibilidade de um plantão especial da Polícia Federal enquanto o navio permanecer atracado.

Além de Wagner Breckenfeld e dos representantes da MSC, participaram da reunião o presidente do João Pessoa Convention Bureau, Gustavo Garcia, Charles Fontoura, do Departamento de Imigração, Rosangêla Barreto, da Anvisa, o capitão dos Portos da Paraíba, Valdeniz Martins, Juarez Viana, representante da Praticagem, a secretária adjunta de Turismo da Prefeitura de Cabedelo, Nanete Aguiar e o agente marítimo, Márcio Madruga, diretor da Heytor Gusmão Comércio e Representações Ltda.

Datas

Os 14 atracamentos do navio MSC Melody acontecerão nos dias 09,16,23 e 30 de dezembro, nos dias 06,13,20 e 27 de janeiro, nos dias 03,10,17 e 24 de fevereiro e nos dias 03 e 10 de março, com previsão de chegada às 13h00 ou às 16h00, podendo esse horário ser alterado para mais ou para menos uma hora a depender de questões técnicas-operacionais.
Além dos atracamentos, outra novidade e ineditismo da operação consiste no fato dos turistas paraibanos poderem realizar cruzeiros sem a necessidade de enfrentar aeroportos ou rodovias. "Pela primeira vez teremos paradas de navios com embarques e desembarques em nossa cidade", afirma Gustavo Garcia, representante da MSC Cruzeiros em João Pessoa, Recife e Maceió. E ainda há vagas para participar das viagens que duram em média de cinco a sete dias. Outras informações na operadora Tambaú, pelo fone (xx83) 2106-9696.

Sobre o MSC Melody

Construído em 1982, o MSC Melody é um navio exclusivo, com capacidade para 1.550 hóspedes e 535 tripulantes. Possui um total de 532 Cabines, 02 Piscinas, 02 hidromassagens, seis bares, restaurante, cafeteria, salão de beleza, centro de jogging, cassino, discoteca, teatro, sala de jogos, cinema, academia, serviço de lavanderia, centro médico, mini club, lojas e duty free, tudo isso numa estrutura de 205 metros de comprimento e 30,15 metros de largura, pesando 35.143 toneladas e navegando a uma velocidade de 19 nós.

Assessoria de Imprensa da Docas da Pb