João Pessoa
Feed de Notícias

Projeto do Centro de Convenções tem elementos de preservação ambiental

segunda-feira, 28 de setembro de 2009 - 08:59 - Fotos: 

O projeto arquitetônico do Centro de Convenções de João Pessoa foi elaborado pela arquiteta Isabel Caminha, do escritório mineiro Arte & Arquitetura. Segundo ela, houve uma preocupação muito grande com o meio ambiente, em atendimento ao Plano de Controle Ambiental do Pólo Turístico Cabo Branco, por isso, introduziu na proposta elementos que revelam cuidados com a  ambiental, como a manutenção de faixa de 100 metros de largura de área verde ao fundo do empreendimento para interligação dos Parques dos Rios Aratu e Jacarapé, o que permitirá que os animais existentes nas matas transitem entre as duas unidades de conservação.

Outro aspecto que pode ser destacado é o destino das águas, que serão lançadas nos rios Aratu e Jacarapé, ao invés de seguirem em direção ao mar e às falésias, devido à suscetibilidade da área à erosão. No caso da água de chuva que cairá nos telhados, ela será canalizada para os lagos criados no entorno dos prédios, que terão 60 cm de profundidade ficando permanentemente com uma lâmina de 30 cm e cerca de 20 cm livre para recepção de precipitação forte, para lançamento posterior na rede.

Em fase de elaboração do projeto executivo, arquiteta Isabel Caminha citou outro exemplo que é o estacionamento com pavimentação intertravada com grama, dando permeabilidade ao solo. Pelo projeto de paisagismo, os estacionamentos terão plantio, para sombreamento, de uma gama variada de árvores da Mata Atlântica. A moderna construção está inserida em área de preservação e portanto foi pensada de forma adequada ao ambiente.