Fale Conosco

12 de maio de 2009

Projeto de Segurança da Paraíba vai servir de modelo para o país



A estrutura do governo da Paraíba à disposição da realização de audiências públicas para discutir segurança e formas de solução deve servir de modelo para o País. Foi o que revelou o secretário Executivo do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), Ronaldo Teixeira da Silva, ao vice-governador do Estado, Luciano Cartaxo, e ao Secretário da Segurança e da Defesa Social, Gustavo Ferraz Gominho.

Os elogios à iniciativa da nova forma de fazer segurança aconteceram durante reunião realizada em Brasília, na última quinta-feira (7), quando Ronaldo Teixeira citou a Paraíba como um exemplo a ser seguido por outros Estados. Segundo o secretário Executivo do Pronasci, através das audiências públicas o Estado está conseguindo aliar segurança pública e cidadania, tal como prevê o programa do Ministério da Justiça (MJ).

Na Paraíba – Durante o encontro, Ronaldo Teixeira anunciou sua vinda à Paraíba, quando irá ministrar uma palestra dirigida a todos os profissionais de segurança pública do Estado, a fim de esclarecer os objetivos e o funcionamento do Pronasci. 

Audiências públicas – Desde o dia 15 de abril deste ano, a Secretaria da Segurança e da Defesa Social vem realizando audiências públicas sobre segurança nas dez sedes de Delegacias Regionais de Polícia Civil em funcionamento no Estado.

A primeira audiência aconteceu em João Pessoa, no auditório do Centro de Educação da PM, com a participação da sociedade através de suas representações. Em Guarabira, na Câmara Municipal, e em Campina Grande, no auditório do Sesc, os eventos tem reunido grande numero de prefeitos, já que a intenção é alcançar todos os municípios através das diretorias regionais de Polícia Civil e Comandos da PM.

Todo o material de áudio e vídeo produzido durante as audiências, assim como os registros escritos de todo os eventos que já aconteceram nas cidades de João Pessoa, Guarabira e Campina Grande, serão disponibilizados no site do Ministério da Justiça.