João Pessoa
Feed de Notícias

Projeto da Educação conquista prêmio e será modelo para ações no país

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012 - 10:00 - Fotos:  Walter Rafael/ Secom-PB

O Projeto de Acolhimento aos Filhos dos estudantes do Programa de Educação de Jovens e Adultos (Afejan), promovido pelo Governo do Estado, será premiado nesta quarta-feira (12), durante o 6º Prêmio Nacional Professores do Brasil, em Brasília. A iniciativa foi criada em fevereiro deste ano e é desenvolvida na Escola Estadual Alice Carneiro, em João Pessoa, através das ações pedagógicas da 1ª Regional de Ensino, da Secretaria de Estado da Educação.

A atividade beneficia cerca de 30 crianças de 4 a 14 anos, filhos de estudantes do Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja) e do ensino médio noturno, com o objetivo de promover atividades educacionais e lúdicas e reduzir a evasão escolar.

A atividade trabalha segmentos como artes plásticas, literatura, inclusão digital, música, atividades lúdicas. A escola disponibiliza todos os espaços para a execução das tarefas, a exemplo do refeitório, sala de vídeo, sala de informática e biblioteca. Todos os dias, os participantes são estimulados a aprender novas palavras.  O grupo também tem aulas de cidadania, ética, recreação e pintura.

Além de coibir a evasão, a proposta também está possibilitando o fortalecimento do vínculo família/escola, estimulando a capacidade intelectual dos participantes e retirando as crianças da área de vulnerabilidade.  Segundo o diretor geral da unidade de ensino, Justino da Silva, esse foi um dos fatores pelo qual o MEC demonstrou o interesse de expandir a iniciativa para as demais regiões do país.

“As crianças que antes ficavam nas salas atrapalhando os pais, hoje pedem para vir até a escola. Essa foi uma grande arma para esse contingente do Eja retornar às salas de aula. O ano letivo ainda não foi concluído, mas já conseguimos registrar claramente a redução na evasão escolar. Isso só reforça o fato de que o programa está ajudando na conclusão dos estudos”, observou Justino.

“Eu via as crianças inquietas, outras sonolentas. A maioria prejudicava o rendimento dos pais durante as aulas A partir desse fato, identifiquei a necessidade de promover exercícios que chamassem a atenção dos garotos e isso acabou criando o interesse deles nas nossas programações”, lembra a professora e fundadora do projeto, Sandra Claro de Freitas.

“Às vezes estou muito cansada e não quero vir para a escola, mas meu filho insiste tanto que, mesmo cansada, venho assistir aula”, revelou a estudante do primeiro segmento do EJA, Marinelda Ursulino.

Prêmio Nacional Professores do Brasil - A iniciativa é do Ministério da Educação, promovida juntamente com instituições parceiras. O Prêmio foi instituído, em 2005, por meio da Secretaria de Educação Básica (SEB). Ele tem o objetivo de reconhecer o mérito de professores da rede pública de ensino pela contribuição dada para a melhoria da qualidade da educação básica, através de experiências pedagógicas criativas e inovadoras.

O concurso consiste na seleção e premiação das melhores experiências pedagógicas desenvolvidas ou em desenvolvimento por professores das escolas públicas, em todas as etapas da educação básica e que, comprovadamente, tenham sido ou estejam sendo exitosas no enfrentamento de problemas, considerando as diretrizes propostas no Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação.