João Pessoa
Feed de Notícias

Projeto Cooperar contempla projetos de acesso à água

terça-feira, 7 de agosto de 2012 - 16:35 - Fotos: 

Foto: José Lins/Secom-PB

A convivência com a seca está sendo o foco principal do Projeto Cooperar, conforme decisão do Governo do Estado, tendo em vista que a estiagem atinge 195 municípios. A situação tem contribuido para que a maioria das demandas dos Conselhos Municipais seja referente ao acesso à água. Portanto, a prioridade tem sido projetos de infraestrutura objetivando a construção de cisternas, sistemas de abastecimento d’água singelos; abastecimentos d’água completos; pequenas barragens, dentre outras benfeitorias. As cisternas construídas ou em construção já somam mais de 4.500 unidades.

Segundo dados do Projeto Cooperar, 220 convênios foram firmados para liberação de subprojetos somente este ano. Destes, 143 contemplam ações de combate à seca, o que representa 65% do total dos contratos. “São cisternas, poços, passagens molhadas ou até sistemas de abastecimento d’água mais complexos que serão construídos para ajudar o homem do campo a conviver com a estiagem”, declarou o gestor do Cooperar, Roberto Vital.

Ele revela que quase 3 mil famílias estão sendo beneficiadas com cisternas e cerca de 4 mil terão passagens molhadas. “As cisternas têm um caráter mais urgente, muitas já estão com água. Já as passagens molhadas são construídas de forma preventiva, isso porque em tempos de cheia muitas comunidades ficam isoladas da área urbana, praticamente ilhadas. As passagens molhadas facilitam o acesso da zona rural à cidade”, explica.

Água para Todos – O dirigente do Cooperar acrescentou que a ação direcionada a abastecimento d´água em comunidades rurais vai receber um reforço importante. O Ministério da Integração Nacional, em parceria com o Governo da Paraíba, está repassando ao Cooperar recursos da ordem de R$ 32,4 milhões. O convênio já foi assinado, os recursos já estão na conta do Governo do Estado e nos próximos dias uma equipe do Cooperar vai a Brasília para receber as orientações operacionais.

Das 25 mil famílias atendidas pelo Projeto Cooperar mais de 50% estão sendo beneficiadas com medidas para amenizar os efeitos da seca. O Projeto Cooperar vai coordenar as ações do Programa Água para Todos, do Governo Federal, aqui na Paraíba. Os recursos serão investidos principalmente para a construção de 270 sistemas de abastecimento comunitário. “Estamos aguardando a liberação da União para começar a construir os sistemas”, revelou o gestor do Cooperar, Roberto Vital.

Balanço – O Projeto Cooperar já contratou 403 convênios, beneficiando 25 mil famílias em 141 dos 223 municípios paraibanos, em um ano e seis meses da atual gestão.  O volume de recursos investidos supera R$ 42 milhões.

Quando o  Cooperar repassa os recursos às comunidades, antes delas começarem sua aplicação, as pessoas são capacitadas sobre a licitação e como se faz a prestação de contas dos convênios. De acordo com Roberto Vital, a medida visa evitar que as prestações de contas deixem de ser aprovadas e as comunidades parceiras se tornem inadimplentes. Esta semana está havendo capacitação na sede do Cooperar, localizada na estrada de Cabedelo.

Capacitação – Quando o  Cooperar repassa os recursos às comunidades, as pessoas são capacitadas sobre a licitação e como se faz a prestação de contas dos convênios. De acordo com Roberto Vital, a medida visa evitar que as prestações de contas deixem de ser aprovadas e as comunidades parceiras se tornem inadimplentes. Nesta segunda-feira (6) o Cooperar ofereceu capacitação a 30 pessoas de seis comunidades da Zona da Mata paraibana beneficiadas com o financiamento de projetos.