Fale Conosco

16 de maio de 2013

Projeto Caminhos da Gestão Participativa visita Gerências Regionais de Educação



O projeto Caminhos da Gestão Participativa, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Educação (SEE), continua, nesta quinta-feira (16), na 13ª Gerência Regional de Educação (GRE), com sede em Pombal. Nesta sexta-feira (17), o projeto vai para a 9ª GRE, com sede em Cajazeiras. As equipes da Secretaria se dividiram para visitar todos os municípios da GRE. A pauta consiste em reuniões com os gestores escolares, técnicos da gerência e visita às escolas. O projeto teve início no dia 18 de março e pretende percorrer todas as 14 GREs do Estado.

A secretária de Estado da Educação, Márcia Lucena, destacou a importância do projeto para a Educação do Estado. “Este é um momento de construção para aprofundarmos as discussões sobre o Avaliando o IDEPB, para que as escolas possam planejar e produzir projetos que explorem e promovam a melhoria do ensino ofertado, para que possamos avançar cada vez mais”, ressaltou.

O objetivo do projeto é ampliar o conhecimento do território, a escuta e o diálogo com a população que tem relação com a escola, desde os gestores escolares, os servidores, professores, técnicos e alunos, fazendo a troca de conhecimento e resolvendo eventuais entraves, ou seja, identificando as dificuldades e desafios, dinamizando os processos e levando soluções.

Fazem parte da 13ª GRE, as cidades de Pombal, Aparecida, Cajazeirinhas, Condado, Lagoa, Paulista, São Bentinho, São Domingos de Pombal e Vista Serrana. Integram a 9ª GRE, as cidades de Cajazeiras, Bernardino Batista, Bom Jesus, Bonito de Santa Fé, Cachoeira dos Índios, Carrapateira, Joca Claudino, Monte Horebe, Poço Dantas, Poço de José de Moura, São João do Rio do Peixe, São José de Piranhas, Santa Helena, Triunfo e Uiraúna. As próximas GREs a serem visitadas são Sousa (10ª), Itaporanga (7ª) e Catolé do Rocha (8ª).

O projeto Caminhos da Gestão Participativa vem sendo desenvolvido desde 2011 e visa fortalecer as relações institucionais entre a SEE, as GREs e as escolas, por meio da integração dos serviços e divulgação de programas, projetos e ações, com foco na eficiência das atividades pedagógicas, administrativas e financeiras.