Fale Conosco

14 de julho de 2011

Projeto Caminhos da Gestão Participativa encerra 1ª etapa em Itaporanga



O Projeto Caminhos da Gestão Participativa instituído, pela Secretaria da Educação, estará nos dias 18, 19 e 20 deste mês na 7ª Gerência Regional de Educação (GRE), com sede em Itaporanga. As atividades fecharão a primeira etapa do projeto, que foi iniciado em abril e visitou 11 gerências regionais.

A ação compreende reuniões com técnicos da 7ª GRE, com gestores das escolas dos 18 municípios que compõem a regional e visita às escolas com o objetivo de avaliar as condições estruturais das unidades escolares e a proposta pedagógica aplicada.

De acordo com a secretária executiva Márcia Lucena, as demandas encontradas nas escolas foram encaminhadas aos setores competentes da SEE e estão sendo resolvidas, através de planejamento de ações estruturais e pedagógicas.

Para avaliar a primeira etapa do projeto, a Secretaria da Educação realizará nos dias 28 e 29 deste mês um seminário com os gerentes executivos. A equipe vai apresentar as demandas encontradas e as providências que estão sendo tomadas, assim como traçar metas para a realização da segunda etapa do Projeto Caminhos da Gestão Participativa.

Participam do projeto as gerências executivas de Educação Infantil e Ensino Fundamental; de Ensino Médio e Educação Profissional; de Recursos Humanos; de Assistência Escolar Integrada; de Acompanhamento da Gestão Escolar; Operacional de Integração Escola e Comunidade; de Administração; de Tecnologia da Informação; Operacional de Assistência ao Estudante; de Planejamento, Orçamento e Finanças; de Programa das Tecnologias Educacionais; Operacional do Desporto Escolar; de Educação de Jovens e Adultos; a Subgerência de Serviços de Acompanhamento e Manutenção de Obras; o Programa de Avaliação e o Núcleo de Movimentação de Pessoal.

Caminhos da Gestão Participativa - É uma ação conjunta, envolvendo os gerentes e gestores da Secretaria, profissionais das regionais e gestores escolares. O objetivo do projeto é traçar um panorama da situação das escolas do Estado, promovendo um intenso movimento de socialização dos programas, projetos e ações da Secretaria da Educação e contribuindo para uma maior autonomia pedagógica, administrativa e financeira das escolas. As visitas e reuniões também objetivam diagnosticar problemas encontrados, estimular os dirigentes das escolas para uma participação efetiva no desenvolvimento dos projetos e dar transparência às ações em desenvolvimento na educação do Estado.