João Pessoa
Feed de Notícias

Projeto Cambada volta ao Espaço Cultural com a cantora Gabriella Villar e convidadas

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016 - 11:09 - Fotos:  Divulgação

Lançado em janeiro pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) com o objetivo de valorizar a música paraibana e seus compositores, o projeto Cambada está de volta em março com uma edição feita por mulheres e dedicada a elas. A cantora Gabriella Villar é a atração do mês, trazendo o show “Não deixe o passo se quebrar”, com participações especiais das cantoras Regina Limeira, Maria Juliana e Daniella Gramani. A apresentação acontece no dia 11 de março, às 20h, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira. Os ingressos custam R$ 10 (inteiro) e R$ 5 (estudante).

O repertório de “Não deixe o passo se quebrar” conta com um repertório que contempla a música brasileira, tendo como base o samba e o forró, sofrendo também, influências como a do jazz e da música eletrônica. Para compor tal proposta, e atender à ideia da mistura de ritmos em sua música, a cantora optou por fazer um intercâmbio cultural entre Paraíba e São Paulo. Então, selecionou músicas de alguns novos compositores dos respectivos Estados, incluindo também uma composição sua em parceria com um outro músico paraibano. E assim, a intérprete leva aos palcos um show com novidades da sua carreira, valorizando ainda mais a música brasileira e suas influências.

Gabriella Villar - Maria Gabriella Cavalcanti Villar nasceu em João Pessoa. É graduada em Licenciatura em Música – habilitação em Canto Popular, pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). No ano de 2009, fundou o grupo Tom do Samba, onde reuniu músicos da terra, a exemplo de Kojak do Banjo, Carlos Moura e Luis Umberto, momento em que iniciou sua carreira como sambista, cantando com seu grupo pelos bares da cidade. Cantou ainda em projetos como Circuito das Praças e Sabadinho Bom.

Em 2012, a cantora optou pela carreira solo, embora tenha mantido os músicos com quem já trabalhava. Além da cidade natal, Gabriella teve a oportunidade de mostrar seu trabalho recentemente em São Paulo, na Vila Madalena, no Sesi São Bernardo do Campo/SP, tendo repercussão positiva. Também gravou como corista no mais novo CD do grupo de samba paulistano Cantilena Paulistana, no qual fez uma participação em um show no Centro Cultural São Paulo, na sala Adoniran Barbosa, com as músicas O Figo e a Figueira (Lourenço Assumpção) e Angu da Baiana (Teo Garfunkel). No mesmo ano, gravou alguns sambas de compositores paraibanos, como Kojak do Banjo, Potyzinho Lucena e Chico Limeira.

Em maio de 2014, a cantora estreou o show “Não deixe o passo se quebrar” em seu Recital de Conclusão do curso de Licenciatura em Música, pela UFPB, em João Pessoa, na Estação Cabo Branco. Em 2015, foi a vez do show “Batida Diferente”, inspirado na diversidade de linguagens musicais como o samba, o jazz, a MPB, o xote, entre outros, reunindo canções autorais e algumas inéditas de compositores paraibanos e paulistanos, como também releituras de alguns clássicos de grandes nomes da Música Popular Brasileira.

Gabriella Villar tem como influência grandes nomes da música brasileira, a exemplo de Noel Rosa, Cartola, Carmem Miranda, Jackson do Pandeiro, Paulinho da Viola, Ney Matogrosso, Miltinho, Elza Soares, Elis Regina, Lenine, Maria Rita e Roberta Sá.

Cambada – O projeto foi lançado em janeiro deste ano, com a ideia inicial de realizar uma temporada. Com o nome que faz referência ao coletivo de caranguejos, virou sucesso de público, e agora a frequência de shows passa a ser mensal. A proposta consiste em realizar uma série de shows onde artistas da terra se apresentam com repertório construído exclusivamente com músicas de compositores paraibanos. Além da qualidade das atrações, outro atrativo do projeto é o preço popular (R$ 10 e R$ 5), uma forma de estimular o público a consumir e apreciar os artistas da terra.

Com a ação, a Funesc pretende oferecer um panorama da produção local à população, ampliando dessa forma o acesso às mais variadas vertentes da música, onde cada artista apresenta, além de seu repertório autoral, músicas de conterrâneos.

 

Serviço

Projeto Cambada – Mês das Mulheres

Show: “Não deixe o passo se quebrar” – Gabriella Villar convida Regina Limeira, Maria Juliana e Daniella Gramani

Data: 11 de março

Local: Sala de Concertos Maestro José Siqueira

Ingressos: R$ 10 (inteiro) e R$ 5 (estudante)

* A venda de ingressos é feita na bilheteria do local do show, começando com uma hora de antecedência.