João Pessoa
Feed de Notícias

Projeto Cambada inicia 2017 com duas atrações em janeiro

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016 - 10:06 - Fotos:  Divulgação

O projeto Cambada abre o ano de 2017 com duas edições. O primeiro show acontece no dia 5 de janeiro, com a banda Macumbia. Abrindo uma exceção dentro da proposta de se priorizar a música paraibana e seus compositores, o segundo show traz um artista cearense, o cantor e compositor Tom Drummond, no dia 19 de janeiro. As duas atrações se apresentam na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, localizada no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa. Os shows começam sempre às 21h e os ingressos custam R$ 5 (meia-entrada) e R$ 10 (inteira). A bilheteria abre com uma hora de antecedência.

O projeto ‘Cambada’ foi lançado em janeiro de 2016, com a ideia inicial de realizar uma temporada anualmente. Com o nome que faz referência ao coletivo de caranguejos, virou sucesso de público, e a frequência de shows passou a ser mensal. A proposta consiste em realizar uma série de shows onde artistas da terra ou radicados na Paraíba se apresentam com repertório construído com músicas de compositores paraibanos. Além da qualidade das atrações, outro atrativo do projeto é o preço popular, uma forma de estimular o público a consumir e apreciar os artistas locais.

Com a ação, a Funesc pretende oferecer um panorama da produção local à população, ampliando dessa forma o acesso às mais variadas vertentes da música, onde cada artista apresenta, além de seu repertório autoral, músicas de conterrâneos.

Macumbia – É uma banda híbrida sul-americana, que mistura ritmos caribenhos, latinos e brasileiros. O grupo carrega em seu currículo importantes festivais independentes e governamentais, tendo se apresentado ao lado de grandes nomes da música nacional, sempre surpreendendo e agitando a todos com sua alegria e força hipnotizantes no palco, aliadas a letras cantadas em Espanhol e Português que narram de forma divertida situações cotidianas da vida latina.

A banda iniciou suas atividades ainda em 2012, em João Pessoa. Em 2013, lançou seu primeiro álbum “Chuta Que é Macumbia” que gerou boa recepção e feedback por parte do público e também da imprensa musical, sendo citada em blogs de música em toda a América Latina e Europa, como o Garage Membro Blogs, Liszt MTV Brasil, Rebel Sounds e Amplificador, que colocou o grupo na lista dos 20 melhores álbuns brasileiros para download gratuito.

Após realizar vários shows pela região em 2014, a Macumbia entra em estúdio para gravar e lançar em 2015 o seu segundo álbum “Carne Latina” com oito faixas inéditas que podem ser baixadas gratuitamente pelo site da banda. As músicas que compõem esse último trabalho trazem um amadurecimento nos arranjos musicais, formando uma atmosfera de ritmos para bailar, ao passo que mantém o bom-humor nas letras que abordam o cotidiano da vida latina. Em 2016 o grupo seguiu trabalhando o seu segundo disco, chegando a realizar uma turnê pelo Sudeste e Sul brasileiros.

A Macumbia é formada por Rafael Faria (voz e contrabaixo), Thales Pessoa (voz e guitarra), Bruno Braz (voz e guitarra), Francisco Vasconcelos (bateria), Priscilla Fernandes (percussão), Rodrigo Marques (saxofone) e David Kane (trompete).

Tom Drummond – Desde muito cedo, Tom Drummond mostrou aptidão para a música. Filho de musicista, o cantor e compositor cearense começou seus estudos aos seis anos, através do piano e daí não mais parou; flauta, violão e finalmente sua atual paixão, o violoncelo, instrumento ao qual se dedicou no bacharelado em música pela UFPB (Universidade Federal da Paraíba).

Foi vencedor dos prêmios 1º Festival de Música da Rádio Universitária FM (2010) na categoria Música com Letra com a canção “Seu Santo” e, em 2012, a música “Ai de Mim” de sua autoria foipremiada com o segundo lugar do 1° Festival de Música da Assembleia Legislativa do Ceará.

Em “Andarilho”, seu álbum de estreia, Tom aproveita sua sólida fomação musical e produz canções que se diferenciam pela rica delicadeza de detalhes nas harmonias, melodias, letras e arranjos.

O músico é bacharel pela UFPB (Universidade Federal da Paraíba). Foi da busca por unir sua formação mais clássica com uma linguagem popular caprichosa, que o músico foi levado a convidar Nilo Romero para produzir “Andarilho”.  O produtor, compositor e músico entendeu bem a ideia de Tom.  Jogou luz sobre o lado mais acessível da música dele – como na faixa que dá nome ao disco – e não escondeu o que ela tem de mais requintado – percebido também em “Não Vá Embora”.

 

Serviço

Projeto Cambada

05/01 – Macumbia

19/01 – Tom Drummond

Hora: 21h

Local: Sala de Concertos Maestro José Siqueira

Ingressos: R$ 10 (inteiro) e R$ 5 (estudante)

* A venda de ingressos é feita na bilheteria do local do show, começando com uma hora de antecedência.