Fale Conosco

29 de setembro de 2017

Projeto Algodão Paraíba é tema de dia especial em Ingá



O Dia Especial Projeto Algodão Paraíba realizado, nessa quinta-feira (28), no município de Ingá, região administrativa da Emater em Itabaiana, reuniu vários integrantes da cadeia produtiva do algodão, além de técnicos e agricultores para o aperfeiçoamento do cultivo dentro das técnicas agroecológicas e corretas de plantio.

O evento, promovido por meio da Gestão Unificada (Emepa/Interpa/ Emater), vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, com parceria da Embrapa Algodão, Prefeitura Municipal de Ingá e Indústria Norfil S/A, aconteceu na comunidade Caiçara, pertencente ao agricultor João Batista da Silva e deu sequência ao 1º Workshop do Algodão Orgânico na Paraíba, ocorrido na quarta-feira (27), em João Pessoa.

Dividido em três Estações – Introdução e Mercado, Sistema de Produção e Aspectos Econômicos, o dia especial, foi conduzido pelo diretor técnico da Emater, Vlaminck Saraiva, o coordenador regional da Emater em Itabaiana, Paulo Emílio de Souza, a extensionista social de Ingá, Arlene Magna Bacalhau, além dos técnicos Felipe Guimarães e Dalfran Gonçalves Vale, da Embrapa, Ricardo Pereira e Aristarco Dias de Araújo, da Emater.

Retorno do algodão – Entusiasmado com o seu campo de algodão, a agricultor João Batista da Silva, que abandonou a cultura há mais de 17 anos em decorrência da praga do bicudo, disse está muito feliz em voltar a plantar algodão. “Por causa do bicudo, ninguém aqui nem plantava e nem acreditava nessa cultura, mas depois de reuniões com os técnicos da Emater e da Embrapa decidimos apostar no algodão orgânico e agora estamos colhendo os resultados com uma boa produtividade e venda garantida”, comemorou.

Em sistema coletivo e de forma bastante organizada, além de seu João, cultivam algodão em consórcio com outras culturas os agricultores Neusa Batista da Silva, Antônio Calixto Dantas, Manoel Calixto Dantas e José Gomes da Silva. Dentre os 13 municípios integrantes da região administrativa da Emater em Itabaiana que cultivam algodão agroecológico estão Salgado de São Félix, Gurinhém, Ingá, Itabaiana, Mogeiro e Itatuba.

Prestigiaram o evento, o presidente da Gestão Unificada, Nivaldo Magalhães, o vice- prefeito e secretário de Agricultura de Ingá, Robério Buriti, o coordenador de Operações da Emater, Alexandre Alfredo, pesquisadores e técnicos da Embrapa Algodão, extensionistas rurais e sociais da Emater, agricultores familiares do município e região, além de outras autoridades do setor agrícola.