João Pessoa
Feed de Notícias

Projeto ‘Acesso Cidadão’ cadastra voluntários neste sábado

sexta-feira, 16 de novembro de 2012 - 11:27 - Fotos:  Divulgação

O projeto “Acesso cidadão – ao lazer, esporte, arte e cultura”, realizado em parceria com a ONG Assessoria e Consultoria pela Inclusão Social (AC Social), inicia, neste sábado (17), o cadastramento de voluntários. O projeto beneficia pessoas com necessidades especiais e mobilidade reduzida. A ação acontece, a partir das 8h, na praia do Cabo Branco, em frente à Fundação Casa de José Américo.

Na ocasião, a AC Social realizará a capacitação dos voluntários, que se propuserem a atuar no projeto. Especialistas das áreas de fisioterapia e educação física demonstrarão como o projeto funciona na prática, utilizando cadeiras anfíbias, caiaques, pranchas e handbike.

O projeto visa promover a inclusão social e o acesso simultâneo das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida às atividades de esporte, cultura e lazer. A parceria com o Governo do Estado acontece através da Fundação Casa de José Américo (FCJA), devido a sua localização estratégica na praia do Cabo Branco, e a Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad). Um dos objetivos das reformas físicas, que acontecem atualmente na FCJA, é implantar as adaptações na infraestrutura de acessibilidade.

Ainda são objetivos do projeto: aprofundar as relações entre a instituição e a sociedade, capacitar e formar equipes de profissionais especializados no atendimento à pessoa com deficiência nas áreas de saúde, esporte e lazer adaptados; incentivar a participação e integração dos familiares de pessoas com deficiência; assegurar que pessoas com deficiência tenham acesso a locais de eventos esportivos, recreativos, turísticos e culturais; e alertar sobre a necessidade  de facilitar a vida da pessoa com deficiência.

O projeto prevê a criação de oficinas de surf adaptado, de arte e esculturas na areia, além de vôlei sentado e atividades recreativas. Ainda serão promovidas palestras e outras ações nas dependências da Fundação Casa de José Américo. Para desenvolver o projeto, as instituições assinaram um termo de cooperação, em agosto de 2011.