Fale Conosco

19 de junho de 2013

‘Projeto Acesso Cidadão’ pode ser modelo em Aracaju



Reunião 3 270x202 - 'Projeto Acesso Cidadão' pode ser modelo em AracajuAs coordenadoras da Secretaria Municipal da Família e Assistência Social de Aracaju (SE), Jacqueline Guimarães e Paula Maynard, visitaram a Fundação Casa de José Américo para conhecer o projeto ‘Acesso cidadão – ao lazer, esporte, arte e cultura, a fim de implantarem uma ação semelhante na cidade.

Na ocasião, elas foram recebidas pelo presidente da FCJA, Flávio Sátiro Filho, e pela coordenadora administrativa do Acesso Cidadão, Janete Lins Rodriguez, que falaram sobre o sucesso do projeto e explicaram detalhes sobre as etapas do seu desenvolvimento, especialmente a realizada aos sábados, na praia do Cabo Branco, em frente à Fundação Casa de José Américo.

acesso cidadao fotos roberto guedes secom pb 41 270x202 - 'Projeto Acesso Cidadão' pode ser modelo em AracajuEm Aracaju, a Secretaria Municipal da Família e Assistência Social está implantando o Centro Dia de Referência para pessoas com deficiência, coordenado por Jacqueline Guimarães, e Paula Maynard coordena o setor de Proteção Especial. Elas consideraram o projeto como “inovador” e informaram que pretendem viabilizá-lo na capital de Sergipe.

Projeto – O ‘Acesso Cidadãoao lazer, esporte, arte e cultura é fruto da parceria do Governo do Estado, com idealização e coordenação da Fundação Casa de José Américo e apoio da Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad), ong AC Social (Assessoria e Consultoria pela Inclusão Social) e Prefeitura Municipal. O objetivo é promover a inclusão social e permitir a acessibilidade das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida às atividades simultâneas de esporte, cultura e lazer na praia. As ações acontecem todos os sábados pela manhã, na praia do Cabo Branco, em frente à FCJA.