João Pessoa
Feed de Notícias

Proinfo capacita 546 professores da rede estadual de ensino

sexta-feira, 29 de julho de 2011 - 10:02 - Fotos:  Gilvan Gomes/SEE

O Programa Nacional de Informática na Educação (Proinfo), da Secretaria de Estado da Educação (SEE), capacitou no primeiro semestre deste ano 546 professores da rede estadual em todo o Estado. “A partir de agosto teremos novas turmas nas escolas que receberam os laboratórios de informática”, informou Gilmar Silva, coordenador estadual do Proinfo.

Mesmo os professores das escolas que ainda não receberam o laboratório podem participar da capacitação: “Esses professores podem nos procurar e se encaixar nas turmas de uma escola próxima que já possua o laboratório”, explica o coordenador.

Para a professora Maria da Consolação Andrade, da escola estadual de ensino fundamental Pedro Lins Vieira de Melo, em Mangabeira, na Capital, o curso vai melhorar as suas aulas. “Nós professores precisamos trazer essas tecnologias para realidade do nosso aluno, porque ele sai da escola, vai para lan house, usa computador, câmera fotográfica digital e na escola o professor utiliza só o giz no quadro. Não dá, não convence mais o nosso aluno, então me empolguei, fiz o curso e foi maravilhoso porque aprendi muita coisa. Fiquei mais curiosa e já estou com alguns projetos para desenvolver com meus alunos”, avalia a professora.

Proinfo – O Programa Nacional de Informática na Educação (Proinfo) teve início na Paraíba em 1997. “O Governo Federal entra com os equipamentos, que são os laboratórios de informática, e o Estado oferece a capacitação docente, que é realizada por professores multiplicadores treinados para conduzir o programa no Estado”, esclarece Gilmar José da Silva.

Os professores multiplicadores preparam os professores da rede estadual para que eles desenvolvam a metodologia do Proinfo nas escolas. “O número de professores multiplicadores que temos não atende a demanda que temos hoje, então o Ministério da Educação está ampliando essa rede de formação e para isso está oferecendo uma bolsa incentivo para os novos formadores”, disse o coordenador estadual do programa. Para ser formador o professor deve estar ligado à rede pública de ensino, ter licenciatura e ter participado de algum curso na modalidade de educação à distância.

O Proinfo oferece atualmente três cursos: ‘Introdução à Educação Digital’ (curso 100% presencial, com uma carga horária de 40 horas); ‘Ensinando e Aprendendo com as TIC’s’(curso semi-presencial, ofertado no ambiente virtual de aprendizagem); ‘Ensinando por Projeto’ (curso semi-presencial).

“Após participar dos três cursos, o professor está apto a usar o laboratório de acordo com as diretrizes do programa em relação à utilização do computador como ferramenta pedagógica”, finaliza Gilmar José da Silva.