Fale Conosco

11 de novembro de 2010

Programação será desenvolvida junto a funcionários e pacientes



Funcionários e pacientes do Hospital Padre Zé, localizado em João Pessoa, participarão, na tarde desta quinta-feira, de um trabalho educativo sobre as conseqüências das substâncias psicoativas e como tratar a dependência química. A ação contará com a presença do Programa Estadual de Políticas sobre Drogas (PEPD/PB), através do seu gestor, Deusimar Guedes.

“Muitos dos pacientes que dão entrada no Hospital têm problemas que estão direta ou indiretamente relacionados às drogas, principalmente o álcool. Vamos conversar com eles, fazer um trabalho educativo, de conscientização, informando onde procurar ajuda para sair da dependência”, explicou Deusimar.

O gestor do PEPD/PB enfatizou que os familiares dos pacientes também participarão da atividade e o objetivo é que eles compreendam seu o importante papel na recuperação do dependente químico. “Os familiares e amigos precisam entender que a dependência do álcool é uma doença e o dependente não pode ser estigmatizado, nem taxado de irresponsável, como muitas vezes acontece. Ele precisa de ajuda e do carinho dos familiares”, complementou.

De acordo com Deusimar, o primeiro passo para auxiliar o dependente de álcool e outras drogas é procurar o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) da cidade ou do município mais próximo.

Álcool e Outras Drogas – Nessa terça (09) e quarta-feira (10), o gestor do PEPD/PB participou do ´VIII Simpósio Clínica-Escola de Psicologia do Unipê`, que trabalhou o tema ´Álcool e Outras Drogas – o uso na atualidade e o impacto na vida das pessoas`.  

O evento foi promovido pelo Centro Universitário de João Pessoa (Unipê) e Deusimar Guedes participou da mesa  Mesa Redonda ´As Drogas na Criminalidade nas visões: Direito, Psicologia e Polícia Militar`.

Fabiana Nóbrega, Assessoria de Imprensa do PEPD/PB