Fale Conosco

10 de agosto de 2016

Programação especial marca 15 anos de fundação do Hospital de Trauma de João Pessoa



Uma programação especial marcou, nesta quarta-feira (10), as comemorações dos 15 anos de fundação do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena de João Pessoa. Na ocasião, foi lida uma poesia escrita por uma colaboradora. Funcionários, pacientes e acompanhantes deram depoimentos sobre a instituição tem no âmbito da saúde do Estado.

O superintendente da Cruz Vermelha Brasileira, Milton Pacífico, parabenizou a instituição e ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pela equipe. “Neste dia especial, homenageio todos quem fazem parte do Hospital de Trauma, pela dedicação como que executam suas funções em prol dos que necessitam dos serviços oferecidos pela instituição”, destacou.

“Desde a sua idealização, o Hospital de Trauma mostrava-se uma obra de grande utilidade pública, com capacidade de prestar um serviço de saúde à altura das necessidades da população de João Pessoa e também do Estado, pronta para atender casos de alta complexidade, como faz até hoje”, falou a diretora Geral, Sabrina Bernardes.

A colaboradora Célia Rangel, que está no complexo hospitalar desde sua inauguração, falou sobre o trabalho na unidade de saúde. “Sinto-me muito orgulhosa de fazer parte desse hospital. O Trauma é uma grande estrutura que dispõe de diversas especialidades, formada por uma excelente equipe multiprofissional, com a responsabilidade de salvar vidas. Esta é a sua missão”, afirmou.

Balanço geral – A unidade de saúde dispõe de uma estrutura moderna e arrojada e tem com finalidade especifica operacionalizar a gestão e execução das atividades e dos serviços de saúde de urgência e emergência em trauma. Para isso, o complexo tem um papel fundamental no estado da Paraíba, já que é um referencial na área de saúde em diversas especialidades. O Trauma conta com mais de 2 mil funcionários entre as áreas administrativas e os profissionais da assistência. Possui 330 leitos, sendo 48 de UTI.

 

Infraestrutura- Em 2014 foram 1,500 m² de área construída e reformada na Unidade de Saúde. A ampliação e modernização do Bloco Cirúrgico, Área vermelha e Repouso Médico 1 e 2 estão agregados ao plano de expansão da instituição. A obra colocou o Hospital de Trauma dentro de um parâmetro técnico e sanitário muito mais adequado, já que a área Vermelha de um hospital é uma área devidamente equipada e destinada ao recebimento, avaliação e estabilização das urgências e emergências clínicas e traumáticas. Após a estabilização, estes pacientes são encaminhados para as áreas seguintes. Construído junto com nova Área Vermelha, o novo repouso médico do Hospital de Trauma, oferece mais conforto e melhores acomodações para os profissionais da unidade hospitalar.

Sala de apoio à amamentação – Pioneirismo é a marca do Hospital de Trauma. Em 2014, foi inaugurada pela primeira vez em uma emergência de um hospital do Brasil, a sala de apoio à amamentação com 3,45m² de área. Agora, as colaboradoras que estiverem voltando da licença-maternidade terão este espaço disponível.

HTOP - Ainda pensando no conforto e na humanização do atendimento, o Governo do Estado inaugurou o Hospital de Traumatologia e Ortopedia da Paraíba (HTOP), primeiro do Estado com perfil exclusivo de suporte e retaguarda a outro hospital de maior complexidade, que é o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. Com a ampliação, o número de leitos subiu para 93, sendo 10 de UTI.

Perfil – O Hospital de Emergência e Trauma atende, exclusivamente, emergência ou urgência, vítimas de trauma (acidentes e desastres), de violência, de queimadura e de doenças clínicas em suas fases agudas (AVC e hemorragias digestivas). Neste último caso, os pacientes são diagnosticados e após estabilizado seu quadro clínico, são transferidos para hospitais que possam dar continuidade ao tratamento.