João Pessoa
Feed de Notícias

Dia D de vacinação contra pólio começa neste sábado

sábado, 18 de junho de 2011 - 09:28 - Fotos:  Secom/PB

O dia D de vacinação contra poliomielite, promovida pela Secretaria de Estado da Saúde (Ses) e Secretaria Municipal de João Pessoa, começou na manhã deste sábado (18), nos 223 municípios paraibanos, com mais de mil postos e cinco mil profissionais à disposição da população. Em João Pessoa, a abertura oficial do evento aconteceu no Mercado Público de Mangabeira, às 10h.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Waldson de Souza, hoje é um dia de sensibilização e por isso, os pais devem levar as crianças menores de cinco anos aos postos de vacinação. “A meta deste ano é vacinar 295.190 crianças em todo Estado. A melhor forma de prevenção é tomar a vacina, mesmo que as crianças estejam com tosse, gripe, coriza ou rinite. Apesar do Brasil não ter registrado mais casos de pólio, outros países ainda convivem com a doença.”, alertou.

A coordenadora de imunização da SES, Missania Moreira, lembra que a vacina é a única forma de ficar livre da paralisia infantil. “No Brasil não temos registros de pólio desde 1989, mas alguns países como os da África, ainda registram a doença. Por isso, é importante que o Brasil tenha a vacinação, para evitar que o vírus da pólio seja reintroduzido no País”, explicou.

A vacinação começou na última segunda-feira (13) e até o final da manhã deste sábado, segundo o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI), do Ministério da Saúde, foram imunizadas 49.112 crianças menores de cinco anos na Paraíba, ou seja 16,64% da meta.

Responsabilidade – Uma das mães que acordou cedo para vacinar os dois filhos pequenos foi Fernanda Gláucia Gomes. “Trouxe meus filhos, um de 2 anos e outra de 10 meses para serem vacinados. Eles não choraram, fizeram apenas uma caretinha”, disse a jovem mãe que garante sempre atualizar o calendário vacinal dos filhos. Segundo Missania Moreira, nos postos fixos, os pais também podem aproveitar para atualizar o cartão vacinal das crianças.

A pólimielite é uma doença infectocontagiosa grave. Na maioria das vezes, a criança não morre quando é infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia, principalmente nos membros inferiores. A doença é causada e transmitida por um vírus (o poliovírus) e a infecção se dá principalmente por via oral.