Fale Conosco

27 de julho de 2011

Programa PontoCom poderá gerar quatro mil empregos na Paraíba



Inserir duas mil micro e pequenas empresas paraibanas no mercado digital em um ano. Esta é a meta do Programa PontoCom, que oferecerá subsídios de até 50% na criação de sites, catálogos digitais e sistemas de e-commerce. Criado pelo Sebrae Paraíba, com apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Setde), o PontoCom tem potencial para gerar quatro mil empregos e será lançado nesta quinta-feira (28), às 9h, no auditório do Shopping Sebrae.

O evento contará com a palestra-show “Vendas.Com: como aumentar faturamento e lucratividade, utilizando a internet e ferramentas interativas no seu negócio”, que será ministrada pelo jornalista e escritor Conrado Adolpho Vaz, autor do best seller “Google Marketing”. Poderão participar empresas e entidades de todos os segmentos econômicos, bem como professores universitários e estudantes das áreas de tecnologia da informação (TI), marketing e publicidade.

Os serviços do Programa PontoCom serão oferecidos por meio de três pacotes. O primeiro é destinado à criação de websites, que custa R$ 600 e, com o subsídio, sairá por R$ 300. Os pacotes de catálogos digitais, que custam R$ 800, serão oferecidos por R$ 400. Para a criação de sistemas de e-commerce, os preços ficarão sob consulta.

O secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Renato Feliciano, diz que o programa terá uma contribuição importante para a economia da Paraíba. “O PontoCom promoverá a inserção das empresas paraibanas na internet, o que permitirá o contato destes fornecedores com consumidores do mundo inteiro. Isto significará um aumento no faturamento destas empresas e impactará na arrecadação estadual referente às compras online”, destaca.

A expectativa do Programa, segundo o secretário executivo da Indústria e Comércio, Marcos Procópio, é que duas mil empresas sejam beneficiadas em um ano. “Considerando que estas empresas precisarão de pessoas para manter e alimentar os sites, se cada empresa contratar duas pessoas, teremos quatro mil novos empregos”, diz.

O programa beneficiará as empresas desenvolvedoras de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) do Estado. Idealizado pelo Sebrae Paraíba, o PontoCom contará com um investimento de R$ 700 mil. Estes recursos serão oriundos de outro programa do Sebrae, o SebraeTec, que garante acesso à inovação para as micro e pequenas empresas de todo o país.

Estratégias simples e gratuitas – Durante a palestra, o escritor Conrado Adolpho Vaz apresentará estratégias simples e gratuitas para um bom uso da internet pelas empresas. “Muitos acham que a internet não é interessante por acreditar que o mercado que atendem não está na rede. Esta é uma percepção errada, porque hoje temos mais de 80 milhões de brasileiros na internet, e muitas destas pessoas são influenciadoras. Se a empresa influenciar este público, certamente vai atingir outras pessoas que não estão na internet, pois se você tem um amigo na internet que fala que descobriu uma empresa muito boa, você tende a confiar mais nele que em uma propaganda de jornal, por exemplo”, afirma Adolpho Vaz.

Inscrições – Para quem deseja inscrever-se no programa PontoCom, basta acessar o endereço www.programapontocom.com.br ou ligar para 0800 570 0800. No site, o empreendedor poderá saber mais informações sobre o projeto, como valores detalhados dos pacotes, e consultar a lista de fornecedores aptos a desempenhar os projetos. As empresas de TIC cadastradas também farão os esclarecimentos necessários sobre o procedimento para a retirada do subsídio, além da consultoria personalizada.