Fale Conosco

15 de setembro de 2009

Programa Laboratório Itinerante engloba quase todas as áreas de ensino da UEPB



Desde 1993, a Universidade Estadual da Paraíba vem desenvolvendo um relevante projeto, que envolve, em apoio mútuo, as necessidades da comunidade paraibana e os conhecimentos dos graduandos da Instituição. O Programa Laboratório Itinerante engloba quase todas as áreas de ensino da UEPB e já percorreu grande parte da Paraíba, prestando serviços.

Nesta semana, o Laboratório Itinerante visitará os municípios de Queimadas e Lagoa Seca, além do bairro Jeremias, em Campina Grande. Nesta terça-feira (15), das 8h às 12h, no Sítio Zé Velho, em Queimadas, serão oferecidas duas oficinas, ministradas por alunos da UEPB, dos cursos de Enfermagem e Química Industrial. Com a primeira equipe, a população assistirá palestras explicativas sobre prevenção do câncer de mama, além de passar por exames de hipertensão e diabetes, com aferição de pressão e teste de glicemia capilar. Já com os alunos de Química Industrial, poderão aprender a confeccionar materiais de higiene e limpeza de maneira correta.

Na sexta-feira (18), será a vez do município de Lagoa Seca receber uma equipe ainda maior, composta por graduandos de Serviço Social, Fisioterapia, Enfermagem, Comunicação Social, Química Industrial, Odontologia, Direito e Farmácia. A programação acontecerá na Secretaria de Ação Social do município, nos turnos da manhã e tarde, integrando o “Dia D da Bolsa Família”, promovido pela prefeitura.

Já no sábado (19), o bairro do Jeremias, em Campina Grande, os moradores serão atendidos no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), nos turnos da manhã e tarde, com o projeto “Jeremias em Ação”, com participação efetiva do Laboratório Itinerante da UEPB. Estarão presentes representantes dos mesmos cursos citados acima.

O programa

Cerca de 35 estudantes, entre bolsistas e voluntários, estão envolvidos no projeto, que tem duração de um ano para cada participante. Ao fim do projeto, todos recebem certificado com carga horária documentada. O programa funciona através de parcerias entre as prefeituras e associações de bairro interessadas, que disponibilizam espaço para atendimento da população e incentivos de transporte e alimentação.

Segundo Josefa Josete da Silva Santos, professora do Curso de Enfermagem e coordenadora do Laboratório Itinerante, vinculado a Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (PROEAC), professores de cada curso podem elaborar projetos e se engajar no Laboratório. “Todo ano a PROEAC abre novo edital de seleção de projetos, no qual os professores têm direito a inscrever até dois alunos. Em seguida, os estudantes selecionados desenvolverão atividades de acordo com 

O projeto aprovado”, diz.

Para interligar as atividades desenvolvidas na Universidade e as necessidades da população, são estabelecidas parcerias com as instituições interessadas, como Prefeituras, Associações de Bairro e Programas de Saúde da Família. Assim, alunos de Fisioterapia, Enfermagem, Odontologia, Farmácia, Serviço Social, Química Industrial, Direito e Comunicação Social, promovem visitas e atividades de acordo com o que aprenderam em seus respectivos cursos.
Outras informações: (83) 3315-3401.

Ascom/UEPB