Fale Conosco

20 de julho de 2009

Programa emite documentos dos trabalhadores rurais de Junco do Seridó



Cerca de duzentos trabalhadores de rurais de Junco do Seridó, município que fica na região administrativa de Patos, no sertão paraibano, foram atendidos no último dia 17, sexta-feira, por um mutirão do programa nacional de documentação de trabalhadores rurais, que é organizado pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário.

O evento teve a participação de representantes do Incra, Caixa Econômica Federal, Emater, INSS, Banco do Nordeste, Receita Federal e governos estaduais e municipais de vários pontos do país, visando atender pessoas residentes na zona rural e carentes de documentos pessoais, necessários a sua condição de cidadão.

O programa desenvolvido em Junco de Seridó já aconteceu em várias cidades do pais, tendo como objetivo principal a emissão dos documentos pessoais das trabalhadoras rurais, inserindo-as na condição de cidadã. Embora o programa pretenda atingir prioritariamente mulheres do campo, tem também se preocupado em emitir documentos para os trabalhadores do sexo masculino, levando cidadania a todos aqueles que habitam a zona rural.

O trabalho em Junco do Seridó começou às 8h do dia 17 de julho, sexta-feira, com uma equipe de técnicos por Incra fazendo um mutirão para emissão de documentos com trabalhadores rurais do município, dando prioridade no atendimento às mulheres do campo. Os documentos emitidos foram carteira de identidade, certidão de nascimento, CPF, registro de INSS e certidão de união estável.

Como não foi possível atender todos os trabalhadores rurais em apenas um dia, a equipe responsável pelo programa deverá voltar ao município no dia 10 de dezembro, para conclusão do trabalho. A mobilização e divulgação estão sob a responsabilidade da Emater-Paraíba e Secretaria Municipal de Agricultura do Junco do Seridó.

Assessoria de Imprensa da Emater