Fale Conosco

11 de dezembro de 2015

Programa de Valorização da Vida, da Cagepa, é premiado pela ABRH-PB



O Programa de Valorização da Vida (PVV) da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), braço social da empresa, foi contemplado com o segundo lugar no prêmio Ser Humano, promovido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos, Seccional Paraíba (ABRH-PB). Diretores da companhia e colaboradores do programa prestigiaram a cerimônia de premiação, realizada no Hardman Hotel.

O PVV já vem sendo trabalhado pela Gerência de Capital Humano há três anos e foi contemplado com o pódio na categoria ‘Organização’ e modalidade ‘Gestão de Pessoas’. Para o presidente da Cagepa, Marcus Vinícius Neves, o prêmio veio coroar o trabalho comprometido em prol do bem estar e saúde dos funcionários da companhia.

“Com o PVV, como o próprio nome diz, valorizamos a vida dos nossos colaboradores. Olhamos não só o funcionário, mas o indivíduo, o ser humano. Vemos nesse projeto uma forma de contribuir para resgatar essas pessoas e proporcionar a eles uma nova postura de vida. Não adianta investirmos nos melhores equipamentos e não capacitarmos e cuidarmos dos nossos funcionários”, ressaltou.

Desde 2012, o PVV é conduzido por uma equipe de profissionais qualificados, que prestam assistência psicológica aos empregados, possibilitando a inclusão, o resgate da autoestima, reintegração no ambiente de trabalho, socialização familiar, dentre tantos outros benefícios.

De acordo com a gerente de Capital Humano da Cagepa e coordenadora do programa, Gicelle de Alcântara Bonifácio, o PVV visa colaborar e contribuir na construção do desenvolvimento pessoal e profissional dos empregados, propiciando melhorias contínuas nas relações humanas, sociais e de trabalho. Essa é a segunda vez que o programa é reconhecido com premiações: em junho deste ano, recebeu o Prêmio ValorizaRH, também promovido pela ABRH-PB.

Para Gicelle, a honra do case ser premiado é consequência da credibilidade depositada e de um trabalho focado na responsabilidade social e no bem estar dos empregados. “O reconhecimento é resultado dessa ação executada com tamanha maestria pelos profissionais envolvidos com o programa, além do total apoio da diretoria colegiada da Companhia. Quando fazemos aquilo que acreditamos, com amor, dedicação e talento, colhemos bons frutos. Ver as mudanças comportamentais acontecendo no dia a dia é o nosso maior prêmio, é o que nos encoraja e nos motiva”, disse. 

O prêmio – O prêmio Ser Humano, da ABRH-PB, surgiu para valorizar e destacar as melhores práticas de desenvolvimento dentro e fora das organizações e para estimular pensamentos criadores de modo a identificar talentos que apresentam contribuições efetivas para o desenvolvimento das pessoas.