João Pessoa
Feed de Notícias

Programa contra as drogas forma mais de 18 mil alunos em 2013 na Paraíba

sábado, 21 de dezembro de 2013 - 18:55 - Fotos:  Secom-PB/ Kleide Teixeira

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), promovido pela Polícia Militar da Paraíba, mudou a história de mais de 18 mil crianças e adolescentes. Alunos de 288 escolas municipais, estaduais e particulares de todas as regiões do estado participaram dos 12 encontros com atividades lúdicas e pedagógicas que alertam sobre os prejuízos causados pelo uso das drogas.

De acordo com a coordenadora estadual do programa, capitã Polyanna Laura, os efeitos do Proerd vão além da prevenção ao uso de entorpecentes. “Os alunos acabam ficando mais próximos da Polícia, e com isso, mais cidadãos. Quem participa acaba melhorando a disciplina em casa, na escola e muitos têm aumento nas notas”, analisa Laura.

Com o número de alunos formados neste ano, o programa registrou um aumento de 67,64% em relação aos formados em 2012, quando o Proerd formou 10.298 alunos. O trabalho é feito, majoritariamente, com estudantes do quinto ano, mas as ações também são realizadas com alunos do primeiro ao quarto ano e ainda do sétimo ano. Entre 2000 e 2013, foram 102.109 crianças e adolescentes beneficiados pelo programa.

Para a primeira-dama do Estado, Pâmela Bório, madrinha do Proerd, outra evolução diz respeito ao número de instrutores que foi ampliado e a formação de mentores, o que contribuiu de forma efetiva para o crescimento do programa e a concretização dos objetivos. “É importante ressaltar que todos possuem potencialidade para serem educadores sociais, mas quando esse potencial é desenvolvido, como acontece nos cursos de formação oferecidos aos agentes do Proerd, a mudança começa a acontecer, transformando realidades e melhorando a nossa sociedade”, avalia Pâmela.

As disciplinas destacam os malefícios do cigarro, maconha, cocaína e do crack; além da temática do bullying e da criminalidade. Ao final das aulas, que acontecem em encontros semanais, os alunos recebem o certificado de conclusão do Proerd, em uma festa que coroa o trabalho dos estudantes e da equipe envolvida no curso.

Atualmente, as ações são realizadas em 98 municípios, 18 a mais do que no ano passado. A meta é ampliar o acesso ao programa, em parcerias com as prefeituras. “É preciso um convênio, já que a Polícia Militar oferece os instrutores capacitados e os governos municipais ficam responsáveis pela confecção dos uniformes e das cartilhas. Como temos acompanhado sempre um bom crescimento de um ano para o outro, em 2014 devemos estar em mais de 100 escolas”, explica a coordenadora do programa.

Na Paraíba, o trabalho de prevenção já passou por quase 100 cidades. Além dos temas já citados, o programa ainda enfatiza, durante todo o curso, a autoestima e a capacidade de tomar de decisão por parte dos alunos. As crianças e os adolescentes também são incentivados a reconhecer as pressões do grupo e quais são as verdadeiras e boas amizades. No total, o programa tem quatro currículos, divididos entre as séries (1º ao quarto ano; 5º ano; 7º ano e Proerd para os pais e funcionários das escolas).

Para atuar no programa, o policial militar passa por um curso de qualificação técnica-pedagógica especial, promovido pela corporação paraibana. Seguindo as diretrizes nacionais do Proerd, são três níveis de formação profissional. Há o Instrutor, que trabalha diretamente com as crianças e adolescentes; o Mentor, responsável pela formação e acompanhamento dos instrutores e, acima desses, o Master (capacitação para formar mentores e planejar a aplicação do programa). No Estado, a polícia conta com 180 instrutores formados e na ativa, dos quais 27 deles também têm qualificação de Mentor e quatro atuam como Master.

Como aderir – As escolas que desejarem receber o Proerd podem fazer o requerimento através dos Conselhos Regionais de Ensino Municipal ou Estadual (no caso das escolas públicas) ou diretamente ao programa, por meio de ofício ao Comando Geral, localizado no Centro de João Pessoa. Outras informações também podem ser obtidas através do telefone 3262-3580 ou pelo e-mail proerdparaiba@gmail.com.