Fale Conosco

9 de agosto de 2016

Programa Alô Mãe encerra ciclo de reuniões com gerências regionais de saúde



A Secretaria de Estado da Saúde (SES) está encerrando as reuniões com as Gerências Regionais de Saúde de apresentação do programa Alô Mãe. O ciclo de reuniões teve início em 26 e 27 de julho, nas GRS das 2ª e 1ª macro, respectivamente, e será encerrado nos dias 10 e 11 de agosto. Na quarta-feira (10), a reunião será às 13h, na 4ª Macro, no município de Sousa. Já na quinta-feira (11), será às 8h30, na 3ª Macro, em Patos. Essas reuniões têm por objetivo apresentar as informações coletadas pelo Alô Mãe nesses quatros meses de funcionamento, por meio dos contatos com as gestantes.

Além dos Gerentes Regionais de Saúde, participam das reuniões os gestores de maternidades e hospitais que fazem parte da Rede Estadual. Participam também os apoiadores da GRS que acompanham a pauta da Rede Cegonha nas regiões de saúde. “As reuniões têm o objetivo de apresentar informações sobre o funcionamento do Alô Mãe. Aliado a isso, contamos com o apoio das GRS na atualização dos contatos telefônicos das gestantes dos municípios de suas regiões de saúde, pois ainda temos um alto número de telefones que não são da própria gestante, o que dificulta o contato com mais mulheres. Muitos telefones dão número inexistente ou caixa de mensagem, esse é um dos principais problemas que enfrentamos”, explicou a coordenadora do programa, Shênia Maria.

Balanço – Até o mês de julho deste ano, o Programa de Monitoramento de Gestantes “Alô Mãe” conta com 20.586 ligações realizadas, 10.086 pessoas cadastradas, 7.583 pessoas contatadas e 3.371 gestantes atendidas, abrangendo assim 193 cidades (87% do total). O Programa, uma iniciativa do Governo do Estado, acompanha por meio de ligações telefônicas o processo de cuidado no pré-natal das gestantes em toda a Paraíba. “Os municípios nos enviam os contatos das gestantes que já estão fazendo o pré-natal para que os nossos operadores liguem e elas respondem um questionário onde são coletados dados para elaboração de perfil epidemiológico, para subsidiar a elaboração, implantação e implementação de Políticas Públicas de Saúde que atendam às demandas e necessidades da população do Estado”, explicou Shênia.

Programa Alô Mãe – Os profissionais do Alô Mãe ligam para as gestantes e fazem perguntas contidas num questionário, como dados pessoais; datas de consultas; exames e vacinas, além de fornecer orientações sobre o acompanhamento que deve ser realizado pelos profissionais das equipes de Saúde da Família. Além disso, alertam sobre a necessidade de enfrentamento e combate ao mosquito Aedes aegypti.

A partir das informações disponibilizadas pelas gestantes, é considerado alerta o fato de terem apresentado sintomas e/ou sinais das doenças ocasionadas pelo mosquito (dengue, zika e chikungunya) durante a gestação. Nestes casos, de imediato, serão orientadas a buscarem os serviços de referência, considerando o Protocolo de Atenção à Microcefalia do Estado da Paraíba.

O Programa Alô Mãe ainda tem o objetivo de encaminhar aos gestores municipais relatórios periódicos sobre a situação das gestantes e alertas sobre o acompanhamento do pré-natal, com ênfase na qualidade do cuidado, agendamento de consultas e acesso aos exames. Aliado a isso, as Gerências Regionais de Saúde recebem relatórios periodicamente para monitoramento da atenção pré-natal junto aos municípios e à Rede de Atenção Materno-Infantil.