João Pessoa
Feed de Notícias

Profissionais do Hospital de Trauma participam de capacitação na Capital

sexta-feira, 7 de junho de 2013 - 11:23 - Fotos: 

Os profissionais do Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa participam do Curso de Especialização em Gestão de Emergência no SUS. A capacitação foi aberta, nessa quinta-feira (6), em sistema de videoconferência, e é ministrada pelo Hospital Sírio-Libanês e técnicos do Ministério da Saúde.

Presencialmente, o curso foi aberto no Hospital de Trauma pelo superintendente da Cruz Vermelha Brasileira, Ricardo Elias Restum, que agradeceu a participação dos colaboradores e destacou a importância da capacitação. “Faz parte do aprimoramento técnico e transformação do conhecimento em ações que possam melhorar a assistência em benefício da população”, disse.

Além do Hospital de Trauma em João Pessoa, mais 24 hospitais brasileiros que integram o Programa SOS Emergências do Governo Federal estarão conectados através de videoconferência na capacitação de centenas de profissionais até março do próximo ano, quando encerra o curso. As aulas serão oferecidas na modalidade semipresencial com carga horária total de 360 horas, sendo: 288 horas presenciais e 72 horas de trabalho à distância.

As atividades educacionais serão desenvolvidas no próprio hospital sempre nas quintas-feiras, nos dois turnos, e vai contar com um facilitador local.

A enfermeira e facilitadora do curso, Karina Cenci Pertile, que trabalha na área da educação em saúde há 10 anos, declarou que espera contribuir na construção do SUS, ajudando as pessoas do grupo a desenvolverem as competências (emocional, cognitivas, relacionais) para a melhoria dos serviços. “Esse curso vem como estratégia do SOS Emergências que acontece graças à pactuação entre o Ministério da Saúde, Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e o Hospital Sírio-Libanês”, lembrou.

Ela disse que a proposta metodológica da capacitação é baseada no espiral construtivista onde o especializando trabalha os problemas da realidade, nesse caso, de cada hospital, e em cima deles constroem alternativas de solução em grupo. Karina falou ainda que o curso está organizado em quatro unidades (módulos) educacionais e prevê ao término a elaboração de dois projetos aplicativos como forma de intervir num problema da realidade local.

Já o diretor técnico do Hospital de Trauma, Edvan Benevides, disse que a capacitação vai contribuir com a unidade por associar as benfeitorias e mudanças estratégicas do Programa SOS Emergências do qual efetivamente o hospital fará parte até o final desse ano, com a nova visão da gestão que busca melhorar as condições da assistência ao usuário em situação crítica de urgência e emergência.

Por esse motivo, houve uma seleção interna que envolveu desde o setor administrativo, aos próprios plantonistas da emergência do hospital. É uma forma de reconhecimento profissional de nós que fazemos parte deste projeto e um centro de educação continuada, visando à acreditação hospitalar”, lembrou Edvan Benevides.

O coordenador de enfermagem dos postos I e II (internação masculina e feminina) do Hospital de Trauma, José de França, declarou que a especialização é de fundamental importância tendo em vista o aprimoramento do conhecimento. “Nesse processo de gestão em saúde temos a responsabilidade de multiplicar o que aprendemos para tornar real a melhoria da qualidade dos serviços prestados ao cliente SUS”, avaliou.