Fale Conosco

14 de abril de 2014

Profissionais de saúde recebem qualificação no manejo clínico da dengue



Nesta terça-feira (14), das 8h às 16 h, a Secretaria de Estado da Saúde, por meio da Gerência Operacional de Vigilância em Saúde, promove mais uma etapa do manejo clínico da dengue. Desta vez, a qualificação será disponibilizada para 22 municípios da 3ª Gerência Regional de Saúde. A ação será realizada no Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, para 150 profissionais, entre enfermeiros, médicos, coordenadores de vigilância epidemiológica, que prestam assistência nas Unidades de Saúde da Família, hospitais, UPAs e SAMU dos municípios.

De acordo com a técnica responsável pela dengue no Estado, Izabel Sarmento, o manejo clínico da dengue é de fundamental importância porque é o momento em que os profissionais adquirem informações sobre a doença; sinais e sintomas; tratamento e estabelece orientação sobre os fluxos assistenciais e de laboratório. “O objetivo é melhorar a condução dos pacientes, com suspeita de dengue, na assistência (atenção básica, ambulatorial e hospitalar) evitando as formas graves da doença e os óbitos”, enfatizou Izabel.

Ainda será pauta do encontro o conhecimento sobre a nova classificação da dengue. “A nova classificação permite, de forma criteriosa, através da sintomatologia, classificar a doença em: dengue, dengue com sinais de alarme e dengue grave”, explicou Izabel.

No ano passado, foram qualificados 502 profissionais em todo Estado. Para este ano, a meta é atingir 1.000 profissionais – acontecendo em todas as 12 Gerências Regionais de Saúde – e a expectativa é que até o final de maio o Estado contemple 100% dos 223 municípios paraibanos com o manejo clínico da dengue. Este ano, até o momento, já participaram 552 profissionais de saúde.

Municípios – Serão qualificados nesta terça-feira os municípios de Alagoa Grande, Alagoa Nova, Alcantil, Algodão de Jandaíra, Arara, Areia, Areial, Aroeiras, Assunção, Barra de Santana, Barra de São Miguel, Boa Vista, Boqueirão, Cabaceiras, Campina Grande, Caturité, Esperança, Fagundes, Gado Bravo, Gurjão, Juazeirinho e Lagoa Seca. Os demais municípios, pertencentes a esta gerência, serão qualificados em um segundo momento a ser definido.