João Pessoa
Feed de Notícias

Profissionais de saúde da região de Patos recebem qualificação em manejo clínico da dengue

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014 - 17:27 - Fotos: 

A Gerência Executiva de Vigilância em Saúde e Núcleo de Doenças Transmissíveis do Estado, com apoio da 6ª Gerência Regional de Saúde, realizou, nesta segunda-feira (24), uma capacitação destinada a enfermeiros, médicos, pessoal dos hospitais, UPAs e SAMU dos municípios da regional Patos. Mais de 100 pessoas frequentaram a Qualificação em Manejo Clínico da Dengue.

Conhecimentos gerais sobre a dengue, sintomatologia, tratamento, formas corretas de atendimento, encaminhamento ao hospital, com objetivo de reduzir a forma grave da doença, foi um dos objetivos dessa capacitação. Em 2013, a Secretaria de Estado da Saúde realizou essa qualificação em João Pessoa para 500 pessoas. Este ano a meta é atingir 1.000 profissionais, a partir desse trabalho descentralizado, mais próximo dos profissionais de saúde, acontecendo com todas as 12 gerências regionais de saúde.

“Quanto mais profissionais qualificados, melhor será a assistência ao paciente com suspeita de dengue”, comentou a facilitadora Isabel Sarmento, da Vigilância em Saúde. Segundo ela, até a 8ª semana epidemiológica foram registrados 416 casos, mas, conforme disse, os números não condizem com a realidade. “Pelo atual cenário do Brasil, Nordeste e Paraíba, esses números estão baixos. Temos muitos mais casos. Por isso esperamos que esses profissionais de saúde que estão saindo da capacitação tenham o entendimento que no momento da suspeita notifique para que possamos, a partir daí, gerar outras ações, não apenas de vigilância epidemiológica, mas de Vigilância Ambiental”, enfatizou.

Isabel Sarmento destacou a importância do trabalho educativo com a população e pediu para que todos tenham cuidado com o armazenamento inadequado de água, para não servir de criatório do mosquito Aedes aegypti e que abram a casa para receber o agente comunitário de endemias para que ele desenvolva bem seu trabalho. Ela comentou que a situação da Paraíba inspira cuidados em relação à dengue, pois há muitas sub-notificações.

Com relação ao sistema de informação online da dengue, alimentado com todas as notificações em tempo real, antes apenas 49 municípios na Paraíba tinham acesso à ferramenta, mas a partir de março todos os 223 municípios estarão preparados para usar o sistema.

Houve também mudanças na classificação da dengue. Antes havia a dengue clássica, dengue com complicação, febre hemorrágica da dengue e síndrome hemorrágica da dengue. Para este ano o Ministério da Saúde lançou nova classificação: dengue, dengue com sinais de alarme e dengue grave.

A mesma capacitação será oferecida nesta terça-feira a médicos e enfermeiros da região de Piancó (7ª GRS) e na quarta aos de Princesa Isabel (11ª). O encontro tem como local o auditório da Gerência Regional de Educação, que funciona no antigo Colégio Dom Fernando.