João Pessoa
Feed de Notícias

Profissionais de enfermagem são capacitados sobre Sistematização da Assistência de Enfermagem

quarta-feira, 29 de julho de 2015 - 18:20 - Fotos: 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) promoveu, durante todo o dia desta terça-feira (29), por meio do Núcleo de Atenção Hospitalar (NAH), uma capacitação para os coordenadores de enfermagem de todos os hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPA) do estado, sobre Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE), que é o registro do cuidado aplicado ao paciente. O curso aconteceu  no auditório do Hospital de Emergência e Trauma, de João Pessoa, com o objetivo de melhorar a assistência da enfermagem para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

Durante a capacitação, foi abordado o tema “cuidados na UTI”; e representantes dos Hospitais de Campina Grande (Trauma), Monteiro e Guarabira falaram das experiências exitosas nas unidades e ainda houve apresentação de um caso clínico com aplicação da SAE.

João Batista Rodrigues é enfermeiro do NAH, responsável pela implementação da SAE, em todas as unidades de saúde do estado.  Ele explicou que o evento pretende resgatar e colocar em prática o conhecimento científico dos profissionais de enfermagem. “Com esta capacitação, a SES pretende nortear melhor a assistência da enfermagem, assegurando um atendimento de melhor qualidade e, consequentemente, mais humanizado”, disse.

O presidente do Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB), Ronaldo Bezerra, explicou que a SAE é uma determinação do Conselho Federal da categoria, desde 2009 (resolução nº 358, do Cofen). “A SAE é um documento no qual nós, enfermeiros, registramos toda a assistência aplicada aos pacientes, desde os achados clínicos até a prescrição dos cuidados, a exemplo de troca de sonda, verificação dos sinais vitais, banho no leito e tratamento de feridas. O documento fica junto ao prontuário”, informou, lembrando da importância da capacitação. “Serve para disseminar a necessidade e a obrigatoriedade de se manter a SAE em todo e qualquer serviço de enfermagem”, falou.

Para a diretora geral do Trauma de João Pessoa, Fernanda Ribeiro, a capacitação traz uma nova perspectiva sobre a responsabilidade do profissional. “A gente espera que ele se conscientize do seu papel e que venha prestar assistência com mais cuidado, o que gera qualidade no atendimento e satisfação do usuário”, disse.

Já a coordenadora de enfermagem do Trauma, Jaira Lucena, falou que vêm sendo implantadas mudanças na unidade, desde o ano passado. “A SAE foi informatizada e unificada, para todos os setores e, agora, com esta qualificação, vamos acatar as sugestões para que falemos a mesma linguagem de todas as unidades”, exclamou.

Severino Claudino é o enfermeiro que coordena a UTI do Hospital Regional, de Guarabira. Segundo ele, a SAE daquela unidade foi implantada recentemente. “A partir disso, passou a ter a classificação de risco, o que organiza o fluxo e, como consequência, o processo de admissão do paciente ficou bastante ágil”, festejou.