Fale Conosco

13 de maio de 2016

Profissionais da Segurança participam de curso de Pós-Graduação em Inteligência Policial na Acadepol



Policiais Civis e outros profissionais da área da Segurança Pública estão participando do II Curso de Pós-Graduação em Inteligência Policial, numa parceria entre a Secretaria de Segurança e Defesa Social do Estado e a Faculdade IGPM, de Pernambuco.

O secretário Cláudio Lima destacou a importância da realização dos cursos para a formação de profissionais na área de Inteligência Policial. “A formação e qualificação do policial é muito importante para nossa Instituição e esses cursos são grandes oportunidades para termos uma Polícia cada vez mais eficiente. Além do investimento em equipamentos, é importante que a gente possa investir em pessoal.”, ressaltou.

O curso conta com cerca de 100 alunos – Policiais Civis, Militares, Bombeiros, Policiais Rodoviários Federais e Agentes Penitenciários dos Estados da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte – e terá duração de um ano e meio, com aulas presenciais às sextas-feiras e sábados.

O secretário executivo de Segurança Pública do Estado, Jean Nunes, destacou a importância da parceria realizada com a Faculdade IBGM para a realização de cursos para o aperfeiçoamento dos policiais. “Já realizamos a primeira turma e agora estamos com o segundo curso de Pós-Graduação em Inteligência Policial. Para a nossa Instituição é cada vez mais importante que haja especializações em áreas como esta, pois o trabalho de Inteligência demanda pesquisa e pormenores que somente aqueles que se dedicam ao aprendizado podem alcançar”, destacou.

A palestra que abriu o II Curso de Pós-Graduação em Inteligência Policial foi proferida pelo professor Romano Costa, que também deverá ministrar a disciplina Fundamentos Doutrinários. Ele disse que todas as instituições policiais precisam estar integradas. “Não adianta ter o conhecimento e ficar com ele debaixo do braço. É preciso que as Instituições troquem informações para que a segurança pública seja eficiente. A segurança não pode ser tratada como ilhas e ela só vai funcionar a contento se houver uma ação integrada”, ressaltou.

Para o coordenador institucional da Faculdade IBGM, Airton Vasconcelos, a segurança pública tem sido um dos temas mais procurados e assume cada vez mais importância no meio acadêmico. “É muito importante tratar o tema da segurança pública como pauta para pesquisas e estudos. A sociedade é quem ganha porque terá profissionais mais qualificados para atender aos anseios da população”, concluiu.