Fale Conosco

16 de maio de 2016

Profissionais da Educação podem participar de seminário que terá oficina de mediação em ambiente escolar 



Voltado para profissionais da Educação (secretários municipais, professores, supervisores, diretores e coordenadores do Ensino Fundamental e Médio) das escolas públicas e privadas da região metropolitana da capital, o Seminário Mediação e Práticas Restaurativas na Comunidade Escolar oferecerá aos participantes a Oficina Processos e Resultados da Implementação de Mediação em Ambiente Escolar.

O evento terá palestras com especialistas e será realizado em João Pessoa, nos dias 19 e 20 de maio de 2016, no espaço cultural do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no dia do evento. No dia 19 as atividades acontecerão a partir das 19h e no dia 20 às 8h30. Haverá certificado de participação.

O seminário terá como palestrante a representante da Coordenação de Mediação e Conflitos (Comed) da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã (Sesec) de Fortaleza (CE), Tatiane Castro. A oficina ocorrerá em 20 de maio de 2016, no segundo dia do evento. Tatiane Castro é coordenadora da Comed e trabalha com mediação desde 2009. Iniciou suas atividades no Projeto Mulheres da Paz do Ministério da Justiça/Pronasci, que foi executado em Fortaleza, no Bairro do Bom Jardim.

A Comed funciona com quatro núcleos de mediação de conflitos que são instalados em centrais de acolhimento nas secretarias regionais de Fortaleza. “Atendemos aos conflitos de vizinhos, conflitos familiares, ameaça, calúnia, injúria, difamação, poluição sonora, cobrança de dívida, pensão alimentícia”, explica a coordenadora. A Comed existe desde 2013 e já realizou 578 atendimentos de mediação, sendo que 53% dos conflitos foram oriundos de delegacia de polícia. Cerca de 80% dos conflitos mediados obtiveram acordo entre as partes. Conforme Tatiane Castro, todos os mediadores são operadores de segurança pública, guardas municipais, inspetores e subinspetores.

Célula de mediação escolar – Uma das ações da Comed é a Célula de Mediação Escolar que realiza e supervisiona mediação de conflitos nas escolas municipais de Fortaleza. Tatiane explica que a célula desenvolve ações de prevenção e cultura de paz, “estimulando o protagonismo juvenil e empoderando os alunos em meios alternativos de resolução pacífica de conflitos”. Segundo a coordenadora, a célula de mediação escolar da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã já atendeu a 539 membros da comunidade escolar.

Para o seminário em João Pessoa, a coordenadora da Comed espera “disseminar a prática da mediação escolar e mostrar a importância desse trabalho nas escolas, o quanto é gratificante promover a cultura de paz e a resolução pacífica de conflitos no ambiente escolar e comunitário”.

Promovido pelo Fórum Metropolitano de Discussão e Diálogo de Prevenção e Monitoramento de Violências, por meio do Grupo de Trabalho sobre Mediação, Conciliação e Justiça Restaurativa, o seminário busca pautar a cultura de paz nas escolas, por meio do debate sobre mediação de conflitos.

O seminário também terá entre os painelistas representantes do Núcleo de Extensão e Pesquisa em Mediação de Conflitos (Mediac) da UFPB, Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Centro Universitário de João Pessoa (Unipê), Tribunal de Justiça de São Paulo, Tribunal de Justiça da Paraíba, Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, Ministério Público da Paraíba, Fundação Escola Superior do Ministério Público da Paraíba, Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Paraíba (OAB-PB), Secretaria de Estado da Educação na Paraíba (SEE) e Secretaria de Educação do Município de João Pessoa.