Fale Conosco

11 de novembro de 2011

Professores debatem ações de prevenção a DST/Aids dentro da escola



O aumento no número de casos entre os jovens foi um dos temas debatidos no Seminário de Formação em DST/Aids e Hepatites Virais, destinado a professores de 80 escolas públicas estaduais e municipais de João Pessoa, que está sendo realizado nesta sexta-feira (11) no Hotel Tambaú, em João Pessoa. De acordo com o Ministério da Saúde (MS), a cada ano são registrados, no País, cerca de oito mil casos da doença em jovens com idades de 13 a 29 anos. Somente neste ano, já foram notificados 95 na Paraíba, sendo 66 do sexo masculino e 29 do feminino.

Durante apresentação no seminário, a gerente operacional das DST/Aids e Hepatites da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Ivoneide Lucena Pereira, disse que a ideia é estimular os professores a trabalharem essa temática com os alunos, principalmente no que diz respeito à prevenção. No que depender da professora de biologia e ciências Maria José Gomes dos Santos, esse trabalho, dentro da escola, está garantido. Em sala de aula há 22 anos, ela conta que trabalha o tema DST/Aids desde o ano 2000, por meio de oficinas e palestras, sempre levando profissionais da saúde à escola para falar sobre o assunto. “Por meio desse trabalho, conquistamos uma confiança que, na maioria das vezes, oss alunos não têm com os próprios pais”, disse.

A relação entre pais e filhos também foi uma questão apontada pela representante do Ministério da Educação, do Programa Saúde na Escola, Suellen Silva Pinho. “Em pleno século 21, na maioria das famílias ainda há um grande tabu para falar de sexo. Por isso o papel da escola é primordial, inclusive, para aproximar os pais do local onde seus filhos estudam, que pode ser também um espaço para eles aprenderem dicas importantes de como se trabalhar o tema dentro de casa”, explicou.

No evento, grupos de trabalho discutiram metodologias e planejamento das ações de prevenção e propuseram ações a serem desenvolvidas nas escolas durante o mês de dezembro. A SES e o Centro de Testagem e Aconselhamento das DST/Aids (CTA) da Prefeitura de João Pessoa se comprometeram em apoiar as atividades, incluindo a distribuição de material educativo e de preservativos e a realização de palestras e oficinas. O seminário faz parte das ações alusivas ao Dia Mundial de Luta Contra a Aids, que será lembrado no dia 1º de dezembro.