Fale Conosco

8 de setembro de 2016

Professores aprovados no Gira Mundo devem embarcar para Finlândia até o fim do mês



Os 20 professores da Rede Estadual de Ensino aprovados no Programa Gira Mundo Finlândia deverão embarcar até o fim deste mês. O resultado final da seleção dos docentes foi divulgado na terça-feira (6), no site da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq) www.fapesq.pp.br. O programa Gira Mundo Finlândia é desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE) e da Fapesq, com investimentos de R$ 410 mil. As aulas terão início no dia 3 de outubro.

As atividades vão ser realizadas na Universidade de Ciências Aplicadas de Häme (HAMK – Häme University of Applied Sciences), na cidade de Hämeenlinna. Cada professor selecionado receberá uma bolsa mensal de 1.300 Euros (cerca de R$ 4,7 mil). As bolsas terão duração máxima de dois meses, a partir do mês do embarque para a Finlândia. Além da bolsa, os professores receberão um auxílio-instalação no valor de uma mensalidade da bolsa, cada um; além de auxílio-deslocamento também no valor de 1.300 Euros, e auxílio-financeiro para o Seguro Saúde no valor de 300 Euros (R$ 1,8 mil).

Para viajar, os professores devem providenciar e entregar na Secretaria de Estado da Educação o Formulário de Bolsista, preenchido e assinado; cópia do Currículo, Diploma, Documentação Pessoal (RG, CPF, CNH), Comprovante de Residência e Conta Corrente; Termo de Concessão de Bolsa e Declaração da Secretaria de Educação, liberando o professor para participar do Programa. A documentação poderá ser enviada por e-mail (giramundo@fapesq.rpp.br) e postada nos Correios ou entregue pessoalmente no máximo até as 14h da próxima sexta-feira, na Secretaria de Estado da Educação, Centro Administrativo, Bloco I, 6º andar, Gabinete do Secretário de Educação.

Ao retornar ao Brasil, os professores terão seis meses para executar o Projeto de Desenvolvimento, no período de dezembro de 2016 a maio de 2017. Durante o período de execução, os professores serão assessorados pela Coordenação do Programa Gira Mundo no Brasil e pelos professores finlandeses, que atuarão como facilitadores do processo. A avaliação do desempenho do professor será feita de modo contínuo e gradual, incluindo as etapas desenvolvidas na Finlândia e no Brasil.

O projeto deve gerar benefício para a escola e deve estar inserido em um dos quatro temas: Empreendedorismo; Aprendizado baseado em Projetos e Problemas; Ferramentas Digitais na Educação; e Educação Profissional.