João Pessoa
Feed de Notícias

Produtores esperam que o Dia de Finados aqueça as vendas de flores

quarta-feira, 28 de outubro de 2009 - 17:37 - Fotos: 

O cenário é bonito de se ver. O colorido e a delicadeza das flores ‘celsa’ e ‘carinho de mãe’ enfeitam a área de aproximadamente meio hectare da Empresa Paraibana de Abastecimento e Serviços Agrícolas (Empasa) e chamam a atenção de quem passa pela frente da Central de Abastecimento, antiga Ceasa, no bairro do Cristo Redentor, em João Pessoa. Há 12 anos, ‘seu’ Tota Cabral utiliza o espaço para o plantio de flores do campo.

As sementes, provenientes do município de Lagoa Seca, no interior da Paraíba, são plantadas no mês de agosto. Isso para que as flores desabrochem a tempo de ser vendidas em novembro, principalmente no ‘Dia de Finados’, mês considerado pelo produtor como um dos melhores do ano.

 Este ano, a produção de flores de ‘seu’ Tota foi pequena em relação ao mesmo período do ano passado. Mas, ele está otimista e espera vender 10 mil pés de flores ‘celsa’ e 2 mil molhos de ‘carinho de mãe’. O pé de ‘celsa’ custa R$ 0,50 centavos. Já o molho de ‘carinho de mãe’ é vendido aqui por R$1,00.

Segundo o produtor, a vantagem é que o público, além de selecionar as melhores, vai comprar as flores a um preço menor do que o oferecido no mercado. A venda das flores está disponível ao público das cinco da manhã às seis da tarde na Empasa.

 

Adriana Saito, da Assessoria de Imprensa da Empasa