João Pessoa
Feed de Notícias

Produtores de batata doce do Vale do Piancó visitam Agrocentro de Patos

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015 - 11:48 - Fotos: 

Os agricultores familiares de quatro municípios do Vale do Piancó produtores de batata-doce visitaram na sexta-feira (30) a Central de Comercialização da Empasa na cidade de Patos, a fim de trocar experiência com os comerciantes, numa iniciativa da Gerência Regional da Emater em Itaporanga, com a participação dos escritórios locais de Santana de Mangueira, Conceição, Ibiara e Santa Inês.

Em cinco anos, a partir de uma ação mais intensa da Emater-PB, o número de agricultores familiares trabalhando com o plantio de batata doce aumentou consideravelmente na região. Expandiu-se em 150 por cento, passando de 50 para 200 famílias que vivem do cultivo desta cultura. Todos trabalhando sob sistema de irrigação.

Na região, a Gestão Unificada composta pela Emater, Emepa e Interpa vem realizando uma série de cursos e treinamentos sobre irrigação e produção de batata-doce e seu beneficiamento, num conjunto de metas propostas visando o fortalecimento da cadeia produtiva. A visita ao principal centro de comercialização da produção agrícola do sertão faz parte deste conjunto de ação, segundo explicou a coordenadora regional da Emater em Itaporanga, Roméria Pereira da Silva.

A proposta consiste em fazer com que os produtores de batata conheçam o mercado para seus produtos, e em breve, possam afastar os atravessadores, de modo que aumentem sua lucratividade. Depois do que viram sendo comercializados na Empasa, alguns demonstraram interesse em diversificar suas atividades para o cultivo de jerimum, macaxeira, melancia entre outras. “A visita abre horizontes para os agricultores. Agora trabalhamos para o aperfeiçoamento da comercialização”, afirmou o agrônomo Ernane José Costa Diniz, da Emater-PB.

O gerente regional do Agroecentro de Patos, João Rufino Neto, considerou importante a visita porque abre novos caminhos para os agricultores familiares. Numa iniciativa da Gestão Unificada da Emater, Emepa e Interpa, essa foi a primeira fez que grupo de produtores conheceu como funciona a comercialização da produção.

Para ele, uma visita como a que a Emater e a Prefeitura de Ibiara proporcionaram abre novas perspectivas para os agricultores. “Explicamos para eles que, no Agroecentro, podem comercializar seus produtos, podendo vir diretamente do campo, sem atravessadores”, disse.

Para o presidente do Conselho Municipal do Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS), Serafim Lopes Neto, do Sítio Santa Maria, de Ibiara, a visita foi produtiva para a comercialização que começarão a fazer a partir de agora.

A parceria com a Prefeitura de Ibiara viabilizou o transporte dos sete agricultores e dos técnicos até Patos.  São eles: Ernane José Coista Diniz, da coordenadoria regional de Itaporanga; Wendell Max Ribeiro Xavier, da Unidade Operativa de Itaporanga; Francisco Pinto Ramalho, de Santana de Mangueira; e Francisco Ivantelson, de Ibiara.