Fale Conosco

14 de novembro de 2017

Produtor sertanejo aposta na diversidade agrícola para obter maior renda



IMG 20161129 101715 270x202 - Produtor sertanejo aposta na diversidade agrícola para obter maior rendaO agricultor familiar Alcino Alves Pedrosa, da Comunidade de Trapiá, no município de Nazarezinho, na Microrregião de Sousa, está apostando na diversificação de culturas para aumentar a renda da família. Depois de obter ganhos com o plantio de algodão, cuja safra já fez a colheita e ter tornando-se um modelo para os demais cotonicultores sertanejos, ele agora está intensificando a produção de feijão, abóbora, batata-doce, melância, melão, milho e tomate com o uso de irrigação por meio de micro-aspersão ou cotejamento, de acordo com a demanda hídrica de cada cultura.

A Emater Paraíba vem estimulando os agricultores familiares a promoverem a diversificação de cultivos agrícolas e um exemplo é a Unidade Familiar de Produção Rural de Alcino Pedrosa. Como tantos outros assessorados pelos escritórios integrantes da regional de Sousa, ele está praticando a diversificação de culturas durante todo o ano.

O coordenador regional da Emater em Sousa Francisco de Assis Bernardino destaca o fato de a comunidade disponibilizar de recursos hídricos e solos propícios aos cultivos agrícolas, além de boa receptividade por parte do agricultor às novas tecnologias, que contribuíram para o sucesso da prática da diversificação.

Uma parte da produção é comercializada junto ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA Doação Simultânea), enquanto que outra parte dos produtos colhidos é destinada ao mercado local e feiras livres da região.

Os extensionistas rurais Aldo Cesar e Francisco Santana, da Unidade Operativa da Emater em Nazarezinho, incentivaram o agricultor a adotar esta prática, uma vez que a mesma diversos benefícios, sobretudo em relação à manutenção da fertilidade do solo, controle de pragas, maiores produtividades, disponibilidade de produção o ano todo, entre outros benefícios.