João Pessoa
Feed de Notícias

Produção libanesa, ‘Caramelo’ segue em cartaz na Funesc

quinta-feira, 8 de abril de 2010 - 09:48 - Fotos: 
Um salão de beleza é o ponto de partida para as histórias – tristes e alegres – de cinco mulheres na Líbano de hoje. Este é o mote de Caramelo (Caramel, França, Líbano, 2007), longa de Nadine Labaki que segue mais um fim de semana em cartaz no cine-teatro Bangüê do Espaço Cultural, em João Pessoa. O filme, legendado em português, pode ser visto de sexta a domingo, sempre às 18h30 e 20h30 (inclusive durante o feriado), com ingressos a R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia), vendidos na bilheteria do cine-teatro.

Layale, Nisrine, Rima, Jamale e Rose são cinco mulheres que encontram-se regularmente num salão de beleza de Beirute para trocar confidências. Layale ama Rabih, mas ele é casado. Nisrine é muçulmana e seu futuro casamento representa um problema: ela não é mais virgem. Rima atormenta-se com a atração que sente por mulheres e em especial por uma gentil cliente de cabelos compridos. Jamale recusa-se a envelhecer. Rose sacrificou sua vida para cuidar da irmã mais velha.

No salão, as conversas íntimas e francas versam sobre homens, sexo e maternidade, entre cortes de cabelo e depilação com uma pasta caramelada (daí o nome, ‘Caramelo’). No elenco estão a diretora Nadine Labaki, Yasmine Elmasri e Sihame Haddad.

“Preste atenção à diretora Nadine Labaki, que, além de comandar o filme, atua como sua protagonista, Layale. E à sua dedicatória final — ‘à minha Beirute’ —, homenageando a luta de seus habitantes pela normalidade numa cidade muito maltratada por várias guerras”, escreveu a prestigiada revista Bravo!.

O longa venceu, em 2007, os prêmios de público, o da juventude e o Sebastiane no Festival Internacional de Cinema de San Sebastian, na Espanha.

Serviço

CARAMELO (Caramel, França, Líbano, 2007). Sinopse: Em Beirute, cinco mulheres se encontram em um salão de beleza para trocar confidências sobre homens, sexo e maternidade. Gênero: Comédia dramática. Direção: Nadine Labaki. Duração: 90 minutos. No Bangüê, sexta, sábado e domingo, às 18h30 e 20h30. Ingressos: R$ 6 (inteira), R$ 3 (estudante). Classificação indicativa: 10 anos.

Assessoria de Imprensa da Funesc