Fale Conosco

27 de março de 2013

Procon-PB fiscaliza estabelecimentos de venda de pescados



O Procon-PB realizou, na manhã desta quarta-feira (27), fiscalizações em mercados e supermercados que comercializam peixe na Grande João Pessoa. As ações foram desenvolvidas em parceria com o Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial da Paraíba (Imeq) e com o Procon Municipal de Cabedelo.

Durante as ações foram observados aspectos como          preços dos produtos, acondicionamento e a regulagem das balanças dos estabelecimentos. Foram aplicados autos de infração ao supermercado Carrefour, no bairro do Bessa, e na Peixaria Bom Jesus, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. “Como na véspera do feriado da Semana Santa aumenta a procura por peixes e frutos do mar, intensificamos as fiscalizações nos estabelecimentos que vendem este tipo de produto para assegurar que os consumidores não sejam lesados”, comentou o secretário executivo do Procon-PB, Marcos Santos.

Na peixaria Bom Jesus foi verificado que o acondicionamento dos peixes ocorria de forma inadequada. Já no Carrefour, o Imeq verificou que os pesos indicados nas embalagens de bacalhau não correspondiam ao peso real do produto. O estabelecimento recebeu quatro autos de infração e, com base nestes documentos, o supermercado deve ser multado pelo Procon-PB.

As fiscalizações foram iniciadas na terça-feira (26), quando foram visitados o Mercado de Peixe de Cabedelo e o Mercado de Peixe de Tambaú. No Mercado Público de Cabedelo, uma balança foi apreendida pelo Imeq por apresentar problemas na pesagem e os fiscais do Procon aplicaram autos de constatação a três comerciantes, que se recusaram a divulgar informações sobre os preços dos pescados.

Já no Mercado de Peixe de Tambaú, em João Pessoa, não foram verificados problemas nas balanças e valores. No local, os comerciantes foram orientados sobre as práticas mais corretas para a comercialização dos pescados.