Fale Conosco

16 de setembro de 2016

Procon-PB constata variação no preço de medicamentos em mais de 1.000% nas farmácias de João Pessoa



A Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor do Estado da Paraíba (Procon-PB), por meio do Setor de Pesquisa e Estatística, realizou uma pesquisa de preços de medicamento genéricos e de referência em dez farmácias localizadas na Região Metropolitana de João Pessoa, nos dias 12 e 13 de setembro. De acordo com a pesquisa, os medicamentos genéricos foram os que apresentaram maior variação de preços, chegando a 1191,72%.

O Procon-PB constatou que para a versão comprimido do ácido acetilsalicílico (Aspirina, 500mg) o menor preço foi R$ 1,45 e o maior R$ 18,73. Já a menor variação foi de 14,84% para a versão comprimido do lovastatina (Mevacor, 40mg), cujo menor preço foi de R$ 23,12 e o maior R$ 26,55.

Com relação aos medicamentos de referência o Tylenol foi o que apresentou maior disparidade de preços, sendo encontrado no valor de R$ 2,43 até R$ 24,00, alcançando a margem de variação elevada de 887,65%. O que apresentou a menor variação foi a versão xarope Mucolitic (50mg/ml), cujo preço oscilou entre R$ 23,85 e R$ 24,25.

Com isso, a Superintendente do Procon -PB, Késsia Liliana, alertou a necessidade do consumidor em comparar os preços nos estabelecimentos. “Já que a disparidade nos valores não está apenas nos medicamentos de referência, mas também, nos genéricos”, concluiu Késsia.

A pesquisa coletou preços de 84 produtos, sendo 42 medicamentos de referência e 42 medicamentos genéricos. Quando comparados os preços dos medicamentos, na mesma versão, a pesquisa constata que, os medicamentos genéricos caem em média de 135,65% no custo em relação aos de referência.

Pesquisa por farmácias - A farmácia Redepharma, localizada no bairro dos Bancários, apresentou maior número de medicamentos com o menor preço (19 dentre os 84 pesquisados). Já para o maior preço dos medicamentos pesquisados, a farmácia Pag Fácil – Redemed, localizada em Tambauzinho, apresentou o maior número de medicamentos com os maiores preços (29 dentre os 84 pesquisados). Das farmácias pesquisadas, oito estão em João Pessoa e duas no município de Bayeux.

Serviço -O consumidor poderá entrar em contato com o Procon-PB pelo disque 151, pelas redes sociais via twitter (www.twitter.com/@proconpb) ou instagran (@proconpb) e, também, pelos núcleos de atendimento localizados no Parque Solon de Lucena (8h às 16h30) e Casa da Cidadania/Manaíra Shopping (10h às 18h).