Fale Conosco

5 de março de 2012

Procon-PB aumenta índice de resolutividade no primeiro atendimento



Entre os meses de janeiro e fevereiro deste ano, 43,17% dos consumidores que estiveram no Procon Estadual da Paraíba tiveram o problema resolvido no atendimento preliminar. Este índice significa mais rapidez na resolução das demandas, já que, com a solução no primeiro atendimento, o consumidor não precisa aguardar pela realização de uma audiência.

Nos dois primeiros meses deste ano, o Procon registrou 1.964 atendimentos a consumidores, sendo que, deste total, 848 casos foram resolvidos no atendimento preliminar e 1.116 casos geraram a abertura de uma reclamação para a realização de uma audiência de conciliação.

No mesmo período do ano passado, o percentual de resolutividade no atendimento preliminar girava em torno de 20,5%. No ano de 2010, o percentual de resolutividade no atendimento preliminar foi de 15%. “Trabalhamos diariamente para que o problema do consumidor seja resolvido no menor prazo de tempo possível e para isto buscamos que as empresas ofereçam soluções já no atendimento preliminar”, comentou o coordenador do Setor de Atendimento ao Consumidor (SAC) do Procon-PB, Alan Richers.

O coordenador de atendimento do Procon-PB explicou que, depois do consumidor relatar o problema, os técnicos do SAC tentam entrar em contato com as empresas envolvidas para buscar soluções imediatas de forma que o consumidor tenha sua demanda resolvida mais rapidamente. “Tentamos negociar com as empresas por telefone para que o problema seja resolvido de imediato. Se uma solução plausível não for oferecida, partimos então para uma outra medida, dependendo do caso concreto em questão. Nestes casos o consumidor precisa esperar um pouco mais”, disse.

Para melhorar os índices de resolução no atendimento preliminar, a secretária executiva do Procon-PB, Klébia Ludgério, ressaltou que o órgão investiu na contratação de estagiários para atuação no SAC. “No ano passado, firmamos um convênio que garantiu a contratação de  estagiários do curso de Direito. Estes estudantes passaram por treinamentos e estão atuando na sede do Procon Estadual, proporcionando um atendimento mais eficaz no órgão”, afirmou.

Campina Grande – Com o objetivo de melhorar o atendimento dos consumidores de Campina Grande e região, o Procon-PB firmou, no mês de fevereiro, um convênio com a Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas (Facisa) para a contratação de dez novos estagiários que irão atuar no Núcleo de Atendimento do Procon-PB na Casa da Cidadania. Durante esta semana, os estudantes passaram por treinamentos.