Fale Conosco

26 de outubro de 2011

Procon Estadual resolve 25% das demandas logo no primeiro atendimento



O Procon Estadual tem registrado um crescimento significativo das resoluções das demandas no atendimento preliminar. Entre os meses de janeiro e setembro deste ano, 25,1% dos consumidores que buscaram atendimento no Procon Estadual receberam a solução imediata para seus problemas, sem a necessidade de realização de audiências de conciliação ou abertura de prazo para as empresas solucionarem os casos.

Conforme dados do Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor, de 1º de janeiro a 30 de setembro, 9.007 consumidores procuraram atendimento no Procon-PB. Deste total, 2.262 obtiveram as soluções para seus problemas no atendimento preliminar. No mesmo período do ano passado, a resolução dos casos no primeiro atendimento correspondia a 15,59% das demandas que chegavam ao órgão. Entre janeiro e setembro do ano passado, foram atendidos 8.495 consumidores, sendo que apenas 1.325 tiveram seus problemas resolvidos na primeira ida ao órgão.

Somente no mês de setembro de 2011, o Procon-PB recebeu 1.148 demandas, das quais 366 foram resolvidas em atendimento preliminar, o que significa um percentual de 31,88% de resolução imediata. Em setembro do ano passado, quando foram recebidas 953 demandas, este índice era de 11,75%.

Para a secretária executiva do Procon Estadual, Klébia Ludgério, o crescimento do percentual de resoluções no atendimento preliminar significa mais agilidade e é fruto do esforço dos funcionários do órgão. “Quando um consumidor chega até nós com um problema, nossos atendentes entram em contato com a empresa envolvida e se esforçam para buscar uma solução já no atendimento preliminar, desta forma, o consumidor não precisa esperar para ter seus problemas resolvidos”, ressaltou.

Nos casos em que as soluções com as empresas não são alcançadas no primeiro atendimento, são registradas reclamações e agendadas audiências de conciliação. Entre os meses de janeiro e setembro deste ano, foram registradas 6.745 reclamações.