Fale Conosco

23 de agosto de 2011

Processo Judicial Eletrônico é implantado na Defensoria Pública de Itabaiana



Mais uma unidade piloto na Paraíba do Processo Judicial Eletronico (PJe) foi implantada esta semana. Desta vez, foi na 2ª Vara da Comarca de Itabaiana. Desde segunda-feira (22), os dois defensores públicos que respondem pela Comarca estão peticionando as ações de forma totalmente virtual, pela internet. A primeira petição eletrônica realizada no local foi  acompanhado pelo subdefensor geral do Estado, Charles Pereira Gomes, e o presidente do Tribunal do Justiça, Abraham Lincoln da Cunha Ramos.

Em Itabaiana, 80% dos processos em tramitação na Justiça Estadual são propostos pela Defensoria Pública. “A partir de agora, teremos um sistema processual mais célere, pois o defensor peticiona e envia na mesma hora para o cartório, que faz a distribuição ao juiz de forma online. Os nossos defensores, Luis Guedes e Pedro José da Silva, passaram por um treinamento ministrado pela Gerência de Tecnologia da Informação da Defensoria Pública e estão preparados para operar o novo sistema”, disse Charles Pereira.

O PJe é um sistema que está sendo implantado pelo Tribunal de Justiça do Estado e permite que toda a tramitação processual seja feita sem utilização de papel. Em julho passado, o defensor público Alexandre Moura Ribeiro fez a primeira petição virtual, quando o Processo Judicial Eletrônico foi instalado na 3ª Vara Mista de Bayeux. “A Paraíba está de parabéns, pois está saindo na frente na implantação do processo eletrônico, e a Defensoria Pública, por sua vez, dará uma resposta mais rápida à população, já que todo o procedimento de tramitação será muito mais acelerado”, finalizou o subdefensor geral.